Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ABUSADO

ABUSADO!


Como ousas dizer que falta-me sangue a correr pelas veias?
O que sabes dos meus desejos?
Imaginas que durmo, ao encostar meu corpo nu sob o lençol de seda?
Abusado!
Pois, para que saibais que te quero lambuzado,
ainda componho sonhos de amor...
Continuo fora de moda,
a suspirar pelos cantos,
ouvindo baixinho a mesmas canções...
Imita-me
a lua, ao caminhar sorrateira de um lado para o outro, pensativa...
Por onde anda meu anjo?
Com quem anda?
Ainda pensa em mim?
São ainda nossos, os mesmos desejos?
Abusado,
vês?
Tu és!
E continuarás sendo sempre...
Porque amor é amor,
e sempre será!
 Deves lembrar disto,
um beijo ainda é um beijo...
ABUSADO
Silvana Cervantes
Enviado por Silvana Cervantes em 06/12/2007
Código do texto: T766618
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvana Cervantes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
402 textos (36656 leituras)
5 áudios (2200 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 03:55)
Silvana Cervantes