Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

destino  de amor                             

ele acordou e seus olhos se fecharam depressa com a intensa luz

que viu.

não sabia onde estava ou quem era como foi parar ali.

tentou lembrar mais nada lhe veio a mente.

muito devagar abriu os olhos novamente,

viu um mundo de agua e um sol que ofuscava

sua mente.

sua cabeça doía,passado a mão viu que

tinha sangue.

os olhos estavam pesados e tinha sono muito sono

seus olhos se fecharam novamente.

acordou com um latido,sentiu um cheiro de mar e

lembrou onde estava ,suas costa doía e queimava

arreia era quente o sol muito incomodo.

o latido chegou perto viu um lindo cão

que latia para ele e corria até alguém que vinha

logo atrais e voltava onde ele estava .

olhou para cima e viu uma linda mulher.

ela chegou perto dele e abaixou olhado

sua testa sagrando.

perguntou:o que aconteceu?

não sei,não lembro..

ela o olhou desconfiada estavão em uma praia

quase deserta...

seu nome?não lembro de nada.

acordei aqui nesse lugar quente

não sei como vi parar aqui.

ela pensou não podia deixar um pessoa só e machucada

num lugar daqueles.

moro perto se conseguir ficar em pé posso o ajudar chegar

la e podemos ir a um hospital,com muito esforço e ajuda eles foram

andado ate sua casa.

la ela pegou o carro e o levou ao hospital mais próximo que ficava

a duas horas dali.

ele foi levado para emergência e medicado,tinha duas costelas quebradas e a

pancada na cabeça tinha sido forte mais estava bem,ia se recuperar.

so ia passar alguns dias no hospital.

duas semanas depois ele já estavam de alta,mais ainda não lembrava de nada.

ninguém mim procurou ate agora,será que não tenho familia?

não saiu nada na tv e nem no radio,mais calma vai lembrar.

naqueles últimos dias ela foi todos ao hospital visita-lo.

não podia deixa-lo na rua sem memória.

então so tinha um jeito,levar-lo para casa.

esperou ele se despedi das enfermeiras e médicos

e foram embora.

na frete de sua casa so tinha uma preocupação:o pai

mais quando lhe contou toda a historia seu pai

foi muito compreensivo.

um mês tinha passado e nada,ele trabalhava com o pai

dela saia toda manha so voltando a noitinha,mas

sua memória nada.

eles conversavam,riam,e as vezes ficavam calados so

olhado um para o outro,nesse momento ela sempre fugia.

certo dia eles passeavam na praia quando viu uma briga,

foi ajudar o rapaz que apanhava,nesse momento ele olhou

para os caras que batia e parou petrificando no lugar.

lembrou de tudo....

era um policial que veio de outro estado procura os marginais

que assaltaram,estupraram e mataram sua única irmã.

saiu correndo atrais dos caras e vio um carro de policia chegando

parou pois logo os caras foram presos,contou aos policiais quem

era e o que estava fazendo ali.

contou que achou a gangue mas eram muitos

e o machucaram e abandonaram na praia para morrer.

de longe uns olhos triste assistia a tudo e ouvia a tudo

agora sabia quem era o lindo moreno,olhos azuis,forte como uma rocha ,

alto,e muito educado.

logo diria adeus a ela que naqueles dias tinha se apaixonado desesperadamente

por ele.

ele olhou para ela e parou de falar com os policias,foi ao seu encontro,parou olho-a bem nos olhos e disse:case comigo?

ela riu o abraçou e entre beijos disse..

sim...

ZUCAMEL
Enviado por ZUCAMEL em 06/12/2007
Código do texto: T766699
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZUCAMEL
Embu - São Paulo - Brasil
147 textos (42083 leituras)
4 áudios (209 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 23:19)
ZUCAMEL