Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Me leva que eu vou

Me leva que eu vou.

Não, não há segredos para ti.
Neste corpo, nesta geografia de sonhos que busco.
Estou em delírios, estou a esperar! Desejos.
Quero deslizar sobre este monumento.

Quantos  desesperos e medos de não ter você
De ver os nossos braços em abraços quentes
Corpo que baila que as vezes desespera.
Onde não se controla os jogos de nós e a sós.

Delatar minha loucura e minha espera.
Desarmo-me quando penso. Ainda mais você por perto.
É estouro e explosão de emoções
Onde nada mais se segura, nada se controla.

E no sonho idealizo a maior fantasia
Entre beijos, carícias, desejos...Tesão
Misturando perigo, pecado...magia
Quero tê-lo em meus braços, Perigosa Paixão

Busco guerra, e muitas vezes fantasias.
Caricias loucas e atrevidas. As vezes como!
É a mistura do errado com o pecado.
Do certo e dos desejos



ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Enviado por ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA em 07/12/2007
Código do texto: T769034
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (elio candido de oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4085 textos (159757 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 13:46)
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA