Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anjo Meu

   
Anjo.
Pedacinho de mim.
O teu sorriso, lindo, contagiante, é a minha fonte de energia, de luz.
Tua alegria é a minha alegria, e tua dor dói imensamente mais em mim.
Quero-te para sempre criança, com essa inocente magia,
que colore todas as coisas. Milagre da vida!
As asas começam a brotar e tu já ensaias os primeiros vôos,
feliz, altivo...
Verás que o mundo é tão belo e grande quanto perigoso e pequeno. Poderia eu colocar-te em uma redoma de vidro (blindado)para proteger-te. Mas ali tuas asas não mais cresceriam, e não terias mais a possibilidade de alçar longos e emocionantes vôos. Não. Quero ver-te descobrindo, buscando, persistindo. Haverão dias em que pensarás que teria sido melhor não decolar. Mas entenderás, que a cada rasante, um ensinamento. E que caindo, aprendemos. A queda também pode ser aliada.
E, quando quiseres, podes voltar novamente para este ventre que será sempre teu.
Pedacinho de mim.
Doce sonho realizado, encarnado num serzinho tão especial.
Enche-me o peito de orgulho ao apontar-te em meio aos outros e anunciar:
"Aquele, o André Victor, o meu filho!"
Catia Schneider
Enviado por Catia Schneider em 13/12/2005
Reeditado em 13/12/2005
Código do texto: T85363
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Catia Schneider
Joinville - Santa Catarina - Brasil, 38 anos
147 textos (33315 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:01)
Catia Schneider