Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALGO SOBRE RELACIONAMENTOS

Como podem ser complicados os relacionamentos humanos...
Osculos e amplexos,
Marcial

ALGO SOBRE RELACIONAMENTOS
Marcial Salaverry

Para falarmos sobre relacionamentos, nada melhor do que um pensamento de autoria de Drauzio Varela, que define bem o que vem a ser uma vida a dois:
Uma relação tem que servir para um acompanhar o outro no todo, para um perdoar as fraquezas do outro, para um abrir a garrafa de vinho e para o outro abrir o jogo, e para os dois abrirem-se para o mundo, cientes de que o mundo não se resume aos dois.
Para que um relacionamento seja realmente prazeroso, e com boas possibilidades de uma boa e pacífica durabilidade, existem algumas condições fundamentais, sem as quais, o relacionamento poderá até ser duradouro, mas talvez não seja tão pacífico.
Deve existir um clima de compreensão, permitindo que ambos sintam-se à vontade, para conversar sobre qualquer assunto, desde culinária, acertando os detalhes sobre o que e aonde fazer as refeições, até sobre questões de sexo, que sempre deverá ser feito quando ambos estiverem com disposição para esse saudável esporte.
Por vezes os desejos são conflitantes, um quer ficar em casa,  o outro sair.  Um quer sexo, e o outro apenas dormir.  Quando isso acontece, o menos aconselhável é começar uma briga, com um tentando fazer prevalecer sua opinião “de qualquer maneira”.  É melhor um bom diálogo, onde cada qual poderá, amistosamente, expor suas razões e não é nenhuma derrota ceder à vontade da parceria, estabelecendo-se acordos.
Contudo, é importante que a parte que cedeu ao desejo do outro, que o faça de boa vontade, sempre deixando no ar aquele espírito de compreensão, de que realmente entendeu as razões que o levaram a mudar seu pensamento, e principalmente que não faça as coisas de má vontade... Não é nada agradável para nenhuma das partes, se um estiver fazendo o sexo de má vontade... Diálogo e compreensão...
Para que o relacionamento dê certo, é importante que sempre procurem passar seus momentos de lazer juntos, ir ao cinema, ou passear no shopping, ou mesmo uma caminhada no jardim ou na praia, preferencialmente de mãos dadas. Parece bobagem, mas é um gesto de carinho que marca pontos.  Quando eventualmente um dos parceiros estiver em crise existencial, um pouco de carinho para tira-lo da fossa, ou mesmo respeitando seus momentos de silêncio.
É importante saber estimular nas horas certas, e também criticar quando o momento o pede. Preferencialmente, uma crítica construtiva, que estimule, ao invés de derrubar.  É melhor dizer que a coisa poderá ser feita de uma maneira melhor, do que dizer que “você é um inútil, que não entende nada disso”.  Frases assim matam qualquer disposição.  Sempre procurando “jogar pra cima”, é melhor do que atirar dentro do buraco. Sempre é interessante fazer com que a parceria  se sinta bem e bonita.
É importante que os parceiros sintam-se amparados, sabendo que em caso de dificuldades, em momentos de crise, sempre poderão sentir o apoio da parceria.  Quando um tiver algum problema, o outro deverá estar ao lado, dando apoio.  Em caso de erros, aponta-los e ajudar a consertar a situação.
Um relacionamento é muito mais agradável se houver um espírito de companheirismo, e é muito importante que ambos saibam estar juntos, sentindo-se juntos, respeitando as diferenças, e aparando arestas.  Saibam estar juntos na rua, numa festa, em casa, ou num hospital.  Que tanto saibam divertir-se juntos, como chorar juntos, compartilhando os momentos de alegria ou de dor.  Principalmente que saibam fazer amor juntos, fazendo-o, não apenas como um ato físico, mas com a alma, com  entrega total,  sempre com muito carinho e compreensão, aceitando eventuais indisposições ou falhas.  Sem cobranças, para que o sexo nunca seja encarado como “obrigação”, mas sim um ato de amor e muito prazer, e que cada vez que estejam juntos, seja mais um alicerce solidificando a união.
É importante saber viver... saber amar... saber ser amado... saber respeitar, para  ser respeitado... saber entender, para ser entendido... e, principalmente, saber dialogar.... saber ouvir, para ser ouvido... e nunca, jamais, em tempo algum, partir para agressões... basta um tapa para jogar por terra anos de convivência...
Com um aperto simbólico de mãos, e um quente abraço, desejo a todos UM LINDO DIA!
Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 22/12/2005
Código do texto: T89336
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 77 anos
19859 textos (1962936 leituras)
3 áudios (855 audições)
6 e-livros (2134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:35)
Marcial Salaverry