Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Burugundum...

Meu caro irmão,

Amanhã estarei aí com você, dando a maior força que você precisa, faremos nossa modesta confraternização, mas com
muito amor e carinho esperando sua recuperação.

Aproveite esta oportunidade que foi-lhe dada pela vida e pelas mãos divinas, reveja alguns conceitos se valhe a pena você poder "conviver" na nossa sociedade, ou na sociedade burugundum criada sei lá por quem....

Alê, como sua irmã quase gêmea ( 11 meses ) de diferença e ainda cara de um focinho de outro eu sou você de cueca e você eu de calcinha, gostaria muito relembrar nossas lembranças de infância, músicas , enfim abrir nosso baúzinho.

Mas para isso temos que estar de cara limpa, sem maquiagem,
pois faremos um passeio dentro de nós mesmos, não esquecendo nunca de onde viemos e quem somos.

A vida não dá nada para ninguém por acaso.

Um sonho só é realizado quando deixamos de sonhá-lo, e sim  vivendo: executando-o.

O coração é nossa luz, o corpo somente o soquete.

Oração não é pedir nada para si, é receber com humildade tudo que Deus nos manda, assim aprendemos melhor.

Maturidade é enxergar a verdade com os olhos e não com os ouvidos.

Como dar vida aos sonhos?
Plantando todos os dias uma sementinha ao nosso lado, um belo dia será regado por um belo jardim.

Faça como o Sol, nasça e renasça todos os dias, mas sempre brilhando com a rotina.

De sua irmã Maluca Beleza... Tente outra vez(sempre)...
Ói, Ói o trem, não pode parar não meu irmão...

Viva nossa sociedade, alternativa sim,  porém dentro de "limites"...
Meu não consigo parar de escrever, desceu uma santa aqui sai pra lá... beijos e que você seja um exemplo para outros que virão.

Abraços da maninha
Laurinha
Laura Goulart
Enviado por Laura Goulart em 23/12/2005
Código do texto: T89760

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Laura Goulart
São Paulo - São Paulo - Brasil, 53 anos
416 textos (23971 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:30)
Laura Goulart