Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SORRIA!. Você é meu convidado!Venha para a festa do bebê (parte III)

Para Michael Gabriel na comemoração do seu primeiro aniversário.
O bebê que adora assistir tevê, não gosta do Fantástico
Não tem bracinhos de plástico, é pura energia
Muito gostoso meu bebê, amo e adoro você.


O Sonho de um bebê III

SORRIA!..., você está sendo filmado!
Ouço a voz no fundo do salão
Procuro com alegria no coração
Onde está meu quase afilhado?

SORRIA!,,,. você está sendo filmado!
Procuro até encontrar, do outro lado
Sentado, no meio dos brinquedos, no chão
Sorrindo, feliz, meu bebê levado.

O tempo entre nós tem sido roubado
E quase não posso beijar, meu levado
Entre tias e avós, é alegria de todos nós
Brincando feliz, é meu bebê engraçado.

Seus bracinhos estão mais fortes,
Não são de plásticos, mas pobre
Do boneco que não tiver sorte
Logo dá um jeito para que ele se dobre.

Hoje, tu és apenas mais uma convidada
Não podes te aproximar, ficar mais perto,
Este menino cada dia mais esperto
Tua roupa vai sujar, tá programada?

Para rolar no chão, rir com o palhaço
Que vai ser um irmão, e dar muito abraço
Ah, passou rápido o último ano
E no colo do palhaço, irmão Adriano

Michael Gabriel com os convidados
Vai cantar, Parabéns para você!
Segurem o menino levado, Michael
Fique quieto! SORRIA vou tirar o retrato!

Tanta gente ao redor que não sabe
E nem deve perceber, como a vida é covarde!
Maltrata os pobres e fracos indefesos
Como eu criança, inocente sem medo!

SORRIA!... você está sendo fotografado!
Para pousar num belo retrato
Com um verso engraçado, e o palhaço!
Tem nariz vermelho, é o meu tio, tô cansado!

A festa segue noite a dentro
Alguém me perguntou se tô fedorento!
Xi! Xi! Esqueceram de me trocar
Também, todo mundo sonolento!

Jamais vou esquecer minha nova cadeira
E a vovó dizendo tanta besteira
Tá na hora de eu tomar a mamadeira
Alguém caiu na tina, de tanta bebedeira!

A festa segue adiante, no colo itinerante
Estou farto, quero banho, hidratante,
Dormir o sonho dos anjos, mais feliz que antes,
Tanta gente! E muito presente, até um elefante.

Boa noite, digo quase adormelindo
O tempo vai passando, gente tô dormindo
As imagens vão sumindo, depressa colorindo
A bola, o palhaço, o carro, o bolo, bala, diminuindo

Eu sozinho, no bercinho, sinto perto teu carinho
Teu perfume de mamãe. Hoje fiz um aninho
Deus nos guarde, e nos proteja,
Nos abençoe, e que sempre assim seja!







Aradia Rhianon
Enviado por Aradia Rhianon em 15/09/2006
Código do texto: T241017

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aradia Rhianon
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1208 textos (87735 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:04)