Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AO PILOTO WESLEY QUE A VIDA NEGOU-LHE O DIREITO DE VOAR

Filho...

Hoje é teu aniversário!
O tempo passou tão rápido e você completa 22 anos.
Para nós é motivo de muito orgulho, pois és um homem feito.
Gostaríamos de poder dar-te de presente um carro Zero, ou 110 horas de vôo para completar teu tão grande sonho de dizer  ao mundo: Sou um PC, checado.
Gostaríamos de pagar-lhe uma passagem ao mundo fantástico do sonho de um jovem que ao completar 22 anos, conquista uma bolsa de estudo nos países de primeiro mundo.
Ou ainda uma viagem daquelas merecidas férias ao nordeste brasileiro; Pantanal Mato-grossense.
Entretanto o momento nega-nos qualquer direito. Nega-nos até o direito de estarmos ao seu lado, para te abraçar apertar-lhe contra o peito, transmitir neste abraço o calor da nossa alma e dizer-lhe: Parabéns meu filho! Te
amamos muito!
São circunstâncias da vida.
Outro dia mesmo, até parece que foi ontem; você pequeno, te abraçávamos  e você batia em nossas costas e dizia: “Tudo bem!”. Hoje você voou de nossa vida como um pássaro; temos certeza que tudo o que aprendestes conosco
servirá, para dar seguimento nesse teu vôo.
Voou dos nossos braços não com a intenção de ser uma cordoniz, que por mais barulho que faça seu vôo é de
pequena distância, mas a de ser uma Águia, cujo canto é sereno e o homem nem conhece o som de sua voz, porém quando alça seu vôo, tem o cume dos montes como base de seus pés e o céu como limite de seu intento. É assim que te
enxergamos querido filho.
Nosso coração se encontra partido. Estamos aqui, uma distância aparentemente pequena, porém, grande para o momento. Temos que nos contentar em dar-lhe os
parabéns e dizer-lhe um abraço, por telefone!
Mas acreditamos filho, tudo mudará um dia.
Você nossa Águia Querida, cortará os céus, quem sabe, os céus de outros países, lá de cima contemplaras o
passado e o futuro, poderá descrever como bastante clareza um e outro.Pode ser que não estaremos juntos embarcados na mesma aeronave, então não teremos a mesma visão sua, mas você nos contará nem que seja em sonho a visão lá do alto.
Olharás para o passado e o verá negro. Olharás para o futuro; brilhante.
Mesmo assim não sentirás mágoa do passado, pois a tristeza a angustia e o aperto do passado foi o alicerce e a razão maior para o brilho do futuro.
Perdoe-nos pelo momento que passamos, não é culpa nossa nem sua, não é culpa de ninguém, é o momento.
Resta-nos dizer: Parabéns p’ra você nesta data querida.


 ------------------------------///--------------------------
Seus Pais Celso e Valdete  - 23 de Fevereiro de 1981-2003
Wesley formou-se Piloto Comercial aprovado pela Banca do DAC, não conseguiu voar por falta de dinheiro para as horas de vôo. Quando conseguiu o dinheiro para bancar as horas foi reprovado pelo exame de saude por constatar ser insulinodependente. Carregamos no peito a dor de um sonho interrompido.
---------------------------------///----------------------

Celso Domiciano
Enviado por Celso Domiciano em 26/11/2006
Código do texto: T302353
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Celso Domiciano
Maringá - Paraná - Brasil
60 textos (5352 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:24)
Celso Domiciano