Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FELIZ ANIVERSÁRIO MEU AMOR! DEUS TE AMA [PARTE II].


     Tudo no seu tempo tem o seu tempo, o que decerto é ratificado pela palavra de Deus na Bíblia Sagrada  ao afirmar que: "Tudo tem seu tempo" - Toda coisa tem o seu tempo, e todas elas passam debaixo do céu segundo o tempo que a cada uma foi prescrito. O tempo de nascer, e tempo de morrer. A o tempo de plantar e o tempo arrancar o que se plantou. A tempo de matar, e o tempo de sarar. A tempo de destruir, e a tempo de edificar. O tempo de chorar, e  tempo de ri. O tempo de se afligir, e tempo de dançar. O tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntá-las. O tempo de dar abraços, e tempo de se afastar deles. O tempo de adquirir, e tempo de perder. O tempo de guardar, e tempo de lançar fora. O tempo de rasgar, e tempo de coser. O tempo de calar, e tempo de falar. O tempo do amor, e tempo de ódio. O tempo de guerra, e tempo de paz".

     O coração contente alegra o semblante. A tristeza da alma abate o espírito.

     O quê quer separar-se do seu amigo busca ocasião [para isso].

     Engraçado como a vida é?

     Vêde, então, como o tempo o fio condutor da vida de forma sub-repetina está a nos pregar uma peça.

     A memória dos homens [das pessoas] semelha a dos viajantes fatigados que se desfazem das bagagens inutéis a cada pausa do caminho. De tal sorte acabarão por chegar de mãos vazias, nus, ao local onde devem dormir e, no dia do grande despertar, serão como crianças que nada sabem do ontem.

     Sim, sei que já não me amas. Não aceita ouvir-me nem mesmo durante poucos minutos, sem que não demonstres a tua ira, a tua indulgência [é bem próprio do ser humano ser indulgente com aqueles que não mais amamos e abandonamos] , o teu descaso e o pouco caso que fazes de mim. O amor que recebemos de qualquer ser é um presente inusitado, e às vezes acho até que imerecido, que fico surpreso de não nos terem tomado, arrebatado mais cedo, como me fazem agora no tempo presente. Não me inquieto por aqueles que ainda não a conheces, mas para os quais segues agora e que talvez te esperem: aquele que irás [ou que começas a conhecer] decerto será diferente de mim que pensei e que tu pensastes conhecer, e que imagino que tu imaginastes amar. Não se possui ninguém.

     O quê fazer?  Não sei!

     Embora, só consiga enxergar nos homens etapas ultrpassadas, só sei é que a amo, uma mulher, a minha família, os meus filhos, os  amigos carregados de tanta beleza a ponto de ficar a um só tempo humilhado e feliz, e os meus sonhos, pois não conheço nada além disso.

     Sim, é verdade! Amamos por não sermos capazes de suportar a solidão.

     Então quando eu digo que te amo, é porque te amo! Não são meras palavras jogadas ao vento, especialmente as do prazer, que comportam as mais contraditórias realidades.

     Feliz dia de hoje e dos tantos outros que virão no por vir te desejo.

     Que Deus, o Espírito Santo, e o menino Jesus Cristo de Nazaré, A Santíssima Trindade, sempre te proteja!
Que Nossa Senhora te guarde!.

     Parabéns! 




Nota: Alguns pequenos parágrafos foram transcritos de  fontes auxiliares, tais como: Maguerite Youcenar - O Tempo Esse Grande Escultor  [Editora Nova Fronteira] - Victor Hugo - Solar de Apollo [Núcleo Espírita]. 
serraomanoel
Enviado por serraomanoel em 16/11/2007
Reeditado em 16/11/2007
Código do texto: T739107

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
serraomanoel
São Luís - Maranhão - Brasil, 57 anos
1502 textos (158730 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 11:19)
serraomanoel