Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Escalada do Mau

Em conversa com diversas pessoas preocupadas com a politica atual, como todos nós; concluo que temos a  "obrigação" moral e até espiritual de unir as nossas forças individuais "do bem" contra esta "grande praga do mau" que acontece em nossas entranhas sem o nosso consentimento, considerando-nos seres incapazes de fazer "nada a respeito",tornando-nos passivos diante desta tremenda imposição.
Nosso "dito" humilde governante, o qual "se diz" do povo:

1-) Aumenta os salários de 75% dos funcionários públicos através de uma medida provisória totalmente ilegítima, arbitrária e anti constitucional, a menos de 120 dias das eleições, fazendo politicagem com o quadro de eleitores de baixa remuneração até aqueles que ganham os absurdos que sabemos que o nosso país não pode e não deve pagar.

2-) Aumenta a poucos meses das eleições a esmola dita "bolsa familia", com o intuito paternalista e coronelista de colocar mais um saco de feijão e um outro de arroz, comprando assim os votos daqueles menos favorecidos e inocentes que entregarão por esta simples barganha o seu precioso voto, sem saber que esta esmola comprará vários outros mensalões e acertos em off, contrários aos interesses nacionais. Indio quer apito.

3-) Libera o aumento das tarifas bancárias (que ultraje!!!) nas vésperas, acreditando ele em seu grande pecado, que nós os seus grandes cordeiros idiotas não compreenderão que isto não passa de um acerto de polpudo "investimento de campanha" (marketing) para continuar a mamação politica e a extorção financeira, pois estaremos muito ocupados em pensar quem vai ganhar a Copa e depois da viagem da nação, entorpecida por este ópio, como faremos para conseguir pagar os juros vendidos a 10 até 15% ao mês por conta das dificuldades geradas por estes maléficos seres. Aí é uma outra estória e mais uma aliciada overdose direto na nossa veia para continuarmos entorpecidos. Me engana que eu gosto!

4-) Manda astronauta para o espaço nem que seja para plantar um pé de feijão, e opina como um grande sábio politico sobre a nossa "poderosa" seleção, para tentar se aproveitar de todas as possibilidades e atingir o seu objetivo continuando a nos deixar nesta situação, sem respeito, sem dignidade e sem o pão; mas com um saco de feijão.

Queridos amigos, queridos irmãos, vamos prestar muita atenção neste periodo de eleição.

Comente, compartilhe, informe e proteste. Ajude a melhorar nosso pais, nossa nação, nossa cultura e a nossa população.
 

Gilson Martins
Enviado por Gilson Martins em 30/06/2006
Código do texto: T185299
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilson Martins
Cotia - São Paulo - Brasil, 56 anos
1 textos (80 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:55)