Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACABOU!

Chega! Hoje alcancei o limite...
Vou ao encontro de minha liberdade!
Dar um basta a isso tudo
Retomar a minha sanidade!

Congelar meu coração...
Esfriar todo o sentimento
Esquecê-lo na geleira
Para nunca mais sofrer!

Ou o coloco numa redoma
Não o deixando mais viver...
Verá somente a vida como filme
Como se estivesse diante da TV!

Será que é melhor queimá-lo...
Transformando tudo em cinzas?
Bater fortemente com um martelo...
Destruí-lo como se não tivesse vida?
Lavá-lo com sabão em muita água corrente...

Não importa o método que terei que usar...
Talvez no pensamento está a chaga...
Ou tenha que atingir outra parte do meu corpo...
Eu só anseio tirar esse amor de minha estrada!

Não o quero mais no pensamento...
Não o quero mais no coração!
Hoje ele não mais será inquilino
Deste corpo que foi só paixão!

Saia! Retire-se... imediatamente!
A fantasia acabou, recuperei meu eu!
Não vou viver a sua sombra...
Muito menos continuar a sofrer!

Santo André, 08.11.04 - 18:30 h
Enloucrescida
Enviado por Enloucrescida em 22/06/2006
Reeditado em 03/07/2006
Código do texto: T180254

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Enloucrescida
Santo André - São Paulo - Brasil
634 textos (89716 leituras)
14 áudios (2047 audições)
4 e-livros (1045 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:06)
Enloucrescida