Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEUS ABANDONA OS FRACOS

Sub.: PT “Saudações”



Nosso ideal Trotskista
está enterrado há vinte anos
na cova das “Diretas já”.
O poder esplendoroso, anarquista,
corrompeu idealistas, ciganos,
sufocou nossa liberdade e exaltou os “marajás”.

Quando estamos sozinhos
no mais profundo silêncio da noite...
subitamente,
pairam músicas no ar, vozes, murmúrios e
lembranças do passado.
Renderam-se nossas esperanças,
Romperam-se nossos ideiais.
Aqueles planos de vida traçados
para nossa família, pais, irmãos, sogro, tia,
evaporaram-se junto à “Mais Valia”.
Aqueles estudos sobre Karl Marx,
a força oculta de Lenin,
a luta, a liberdade e o fuzil,
mostraram-se mentirosos,
malograram-se nas obras dos petistas do Brasil.

Não me iludo, sobretudo!
Foi um sonho...

Nossos ouvidos não captaram a mensagem de Deus
ou não estávamos prontos para o fracasso.

Há que ser corajoso, agora.
Estamos sozinhos, meu caro presidente,
abandonado por todos
e em meio ao fogo amigo.

Estamos como quem não mereceu
ou não entendeu a firmeza de ser líder,
não sentiu a emoção do soldado valente,
não ouviu as lamentações dos doentes,
não chorou junto à suplica dos mais fracos,
e não importou-se em ser igual,
igualmente, incompetente.

E nos afastamos lentamente da justiça
ignoramos o prazer dos sábios sorridentes,
perdemos o rumo e a responsabilidade
de um verdadeiro Presidente.

Passaram-se os sons, as vozes,
os murmúrios e as melodias,
não soubemos ser o maestro das sinfonias
que marcariam para sempre o nosso tempo.
Passaram-se a retidão e a glória,
e perdemos também a oportunidade de mudar
a nossa história.

Só nos resta, agora, um gesto:
“dizer adeus”...

Partir dentro de um barco sem remos,
rumo ao precipício e ao encontro de Deus,
e deixar o Brasil.

Já o perdemos!



Wildon Lopes
09/08/2006
WILDON LOPES
Enviado por WILDON LOPES em 08/08/2006
Reeditado em 09/08/2006
Código do texto: T212265
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("você deve citar a autoria de AVIENLYW e o site www.wildon.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
WILDON LOPES
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
269 textos (14459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:14)
WILDON LOPES

Site do Escritor