Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

morte-amor

Quem te viu rosada flor
quem te vê podre carne
quem beijou teus lábios
foge da cor de tua face

Onde pulsava pura emoção
goteja líquida a podridão
quem sentira o fogo-paixão
fria jaz num duro caixão

Quem suplicava tua presença
agora foge da tua lembrança
esconde teus poucos retratos
queima tua roupa indecente

Quem descobriu teu corpo
agora o encobre com terra
quem riu de teus amores
derrama lágrimas sentidas

vai-te embora depressa
tua face não quero ver
te choro um pouco agora
torcendo pra te esquecer

che guevara
Enviado por che guevara em 05/09/2006
Código do texto: T233608
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
che guevara
Abaíra - Bahia - Brasil, 45 anos
37 textos (12504 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:23)