Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
NADA MAIS

Apenas aquilo, e nada mais
meio dormindo, sonhei coisas tais
trêmula, alguém bateu a porta
e me disse "isso já é coisa morta"

Um frio percorreu pelo meu corpo, gelado
coração disparou descompassado
ansiando pelo amanhecer
e perceber que nada ia acontecer

o tempo passou e passou muito lento
insistindo, como um aviso, aquele vento
tenha muito cuidado, isso é demais
eu, aqui, não espero que me chame mais.


 
Sueli do Espirito Santo
Enviado por Sueli do Espirito Santo em 01/08/2005
Reeditado em 21/03/2014
Código do texto: T39363
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sueli do Espirito Santo
Santo André - São Paulo - Brasil, 65 anos
1456 textos (234553 leituras)
1 e-livros (109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:08)
Sueli do Espirito Santo