Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALMAS GÊMEAS

E um dia eu imaginei que ter você
Mesmo que por um dia me bastaria!
Que viveria eternamente de nossas memórias,
Levando a emoção do momento por toda a vida!

Hoje, corroída pela saudade,
Percebo  o engano que eu cometi!
Meu coração perdido, descompassado
Não mais consegue viver triste assim!

Ficaram nossos momentos na memória...
Mas o meu corpo não os identificam!
Ficou o amor no coração...
Mas meus olhos já não brilham!

Se somos almas gêmeas
Ligadas por uma força maior,
Que sentido tem deixar a sociedade
Ou as situações do cotidiano nos separar?

Me vejo apagar, morrer dia a dia...
Nada mais consegue me prender!
Sou mulher-robô, empurrada pela vida
Com o sentir empoeirado pelo torpor!

Só você pode me tirar desse marasmo...
Devolver a luz ao meu olhar!
Volte amor! A minha vida te reclama...
Não me deixe mais nessa agonia!

Santo André, 03.03.04 - 22:25h
Enloucrescida
Enviado por Enloucrescida em 13/07/2006
Código do texto: T192868

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Enloucrescida
Santo André - São Paulo - Brasil
634 textos (89718 leituras)
14 áudios (2047 audições)
4 e-livros (1045 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:00)
Enloucrescida