Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Para ti,sabes...

 
Conhecer-te não foi suficiente. A vida nos cobrou muito mais, cada minuto era importante. Eu quero a certeza de ter te pertencido.

O Tempo não foi nosso aliado, sonhamos o mesmo sonho, não podemos ser amantes, amigos idem, conhecidos, talvez.
 
Tínhamos um longo caminho a percorrer, mesmo sabendo que a felicidade não seria eterna, nem isso nos permitimos, e nos perdemos em juras e declarações vazias.
 
A primavera continuará florida, o inverno será quente, os dias sombrios iluminar-se-ão, com teu sorriso brilhante.

A brisa suave a tocar teu rosto, será minha saudade a beijar-te em silêncio, as nuvens farão “reverências”, a lua cúmplice eterna, chorará gotas de prazer, em vosso louvor.
Até breve!
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES
Enviado por JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES em 13/07/2006
Reeditado em 19/07/2006
Código do texto: T193465
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES
Eldorado do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil, 54 anos
216 textos (80517 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:11)
JOAO DE DEUS VIEIRA ALVES