Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tempestade

Ainda caminho no meio dessa tempestade, nuvens que escurece minha mente, lagrima que afoga minha esperança, fazem de mim o encontro do oceano da saudade, navegando no navio solitário do adeus, fugindo dos raios das palavras inocentes que atingem a fortaleza de meu coração, locomovendo-me ao centro dessa tempestade, onde as ondas continuam crescendo derrubando minha vontade baixa de continuar a lutar, navego com o destino a guiar-me, entrego meu gemido aos ventos do alto mar, para assim encontrar-lhe um motivo para amar-me.
VGP
vilson
Enviado por vilson em 24/07/2006
Código do texto: T200899
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
vilson
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
383 textos (69062 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 14:05)
vilson