Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JÁ ERA

Você abre a porta do guarda-roupas e começa a selecionar algumas roupas, o tempo para, as melhores lembranças rolam na sua cabeça, você volta a viver, viver mesmo, é tão original, tão natural que lhe parece real, se pudesse você manteria eternamente esse momento, sempre tem algo que nos desperta, nos chama para voltar para esse mundo novamente, pode ser o telefone, a campainha, alguém, sei lá, que porcaria, o que eu mais queria era continuar assistindo meu filme.
Só ficar comigo mesmo e voltam àquelas lindas lembranças, minhas lágrimas começam a rolar, não quero ser incomodado, por favor, me permitam curtir da minha maneira essas saudades, essa vontade de poder voltar a viver com meu amor.
Fecho os olhos e sinto o cheiro nas roupas, assisto cenas incríveis de momentos que vivi com aquela pessoa que ainda amo, amar é para sempre, como eu queria novamente poder tocar, sentir, conversar, conviver junto dela.
Meu amigos, sempre tive tanta consideração e todos, todos sem exceção achando que enlouqueci, só porque não tenho assunto, estou sempre desligado, ou melhor, estou sempre ligado noutra, não participo da roda, nem mesmo quando sai alguma piada, consigo rir, nem com esforço, não vejo graça, acabou, perdeu o sentido, eu não me preparei para viver isso, desculpem, não queria provocar decepção a ninguém, perdi completamente a razão, a noção, qualquer programa de descontração não me envolve, talvez vocês estejam certos, estou à beira da loucura.
Sempre acreditei num ser sublime, ainda acredito, a vida não pode acabar assim, levamos tanto tempo para encontrar alguém, nos dedicamos plenamente para buscar a felicidade mutua e do nada, chega a hora em que temos que nos separar, essa separação é cruel, machuca muito, não há ninguém que consiga estar pronto para viver esse momento e se eu pudesse gostaria muito de não viver essa experiência, só que pintou uma dúvida, quem nos garante que só sofre quem fica? E se quem parte também sofre? Por essa dúvida acho que Deus deixa tudo no mistério para nos poupar.
Estou dormindo e tenho um sonho, um sonho maravilhoso, sonho com meu amor, ela me diz que está bem e que eu devo mudar meu comportamento, não devo alimentar o sofrimento, isso também a pertuba e o que juntos construímos é que vale, o resto não tem qualquer importância, nossos filhos, nossos netos, nossos irmãos e nossos amigos são nossos maiores tesouros.
Se você está vivendo uma situação como essa, medite sobre essa hipótese, a maior benção que Deus nos derramou é a multiplicação, a geração de seres, existe algo mais importante que um filho ou uma filha? Nós não acabaremos nunca, através dos nossos filhos viveremos eternamente.

vladis.fernan@globo.com
 

 

Vladis
Enviado por Vladis em 27/07/2006
Código do texto: T203415
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vladis
Matão - São Paulo - Brasil, 57 anos
143 textos (61900 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:22)
Vladis