Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudades

A quanta saudade sinto do meu tempo de infância...
vivia brincando alheia à tudo, sem choros e mortes...
por que hoje existe tanta violência, mortes por uma moeda de um real, brigas por um copo de leite ou simplesmente querer o outro morto.
Sinto saudade de quando era apenas uma criança, brincava com meus irmãos no quintal de casa, de pega pega e futebol.
Sinto falta do almoço que meu pai preparava em dias de chuva, de dormir no sofá e ser levada pro quarto.
Hoje, amanheço no sofá. Sinto uma tristeza de saber que há tantas crianças que não sabem o que é ter uma família.
Que crianças não são mais crianças, mas crianças vestidas para o mundo, em busca do pão, essas mesmas sendo violentadas pela hipocrísia de nosso povo.
Onde está a solução, pois quem podia modificar, apenas se tornaram ladrões...
Acreditar que tudo pode ser mudado, está ficando cada vez mais impossivel, mas acredito num Ser, que tudo pode e assim ajudará, conscientizando o povo de sua bondade.
Mudança é o que precisamos, mas comece pelos lares, pois o futuro são vossos filhos...e que sejam dignos de confiança de vossos pais.
eag
Enviado por eag em 25/08/2006
Código do texto: T225038

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
eag
Dourados - Mato Grosso do Sul - Brasil, 40 anos
73 textos (9428 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:05)
eag