Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A saudade quando doi.

Lembranças de instantes que nos fizeram bem. De momentos, em que recordar o passado, nos remeteu ao encontro de nós mesmo.
Lembrar de fatos e de coisas que, muitas vezes nos magoaram ou nos fizeram felizes nos dá a certeza de que estamos num caminho de revisão das nossas metas, dos nossos sonhos. Sonhar é o mesmo que querer viver a vida com plena sabedoria do que se almeja alcançar. Tornar o sonho realidade é ousar ter coragem para lutar.
Rever metas é ter a humildade de saber que é necessário, muitas vezes, mudar o rumo traçado.
Quantas vezes temos ao nosso lado alguém que nos ensina a buscar metas e a sonhar, mas por não entendermos que o caminho a ser trilhado pede muita renúncia, fugimos e nos isolamos permitindo que a solidão seja companheira implacável a nos castigar.
E nestas lembranças encotramos a saudade e ela doi. Doi tanto, que por vezes julgamos perder as forças.
Mas ao mesmo tempo em que nos faz sofrer, nos faz entender que se a saudade existe é porque conhecemos o amor e aprendemos a amar.
Um grande amor, só é grande se despertar a saudade dos momentos vividos e sonhados.
Malene
Enviado por Malene em 02/10/2006
Código do texto: T254905
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Malene
Taquara - Rio Grande do Sul - Brasil
514 textos (34807 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:15)
Malene