Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Onde Estou, Onde Estás?



Sangrei hoje e fiquei tingida de verde.
Como sumo de árvore era meu sangue.
Fluía de mim como o viço das plantas ceifadas
Ainda na tenra floração.
Senti-me ceifada da vida também,
E isso não tem explicação.
 
Qual terá sido o machado que ceifou meu caule?
Qual ferramenta revolveu o chão pra retirar as raízes,
Ainda superficiais,
De uma planta que, nova ainda,
Esperava ver nascer sua primeira flor?
 
Não sei as respostas a essas perguntas.
Só sei que as perguntas foram feitas e lançadas ao vento.
Se você souber a resposta absoluta a todas elas,
Então poderá me dizer de que planeta eu venho.
 
Onde esta minha nave?
Onde a escondeu?
O caminho agora é escuro e a lanterna se apagou.
Perdoe-me por querer descobrir outros mundos.
Não sabia que podia me perder neles.
 
Agora, aqui estou.
Uma alienígena, estrangeira em terras estranhas.
O ar esta irrespirável.
Meu verniz esta acabando.
Meu viço murchou.
Minha existência acabou.


Claudia Nunes da Silva
Enviado por Claudia Nunes da Silva em 01/11/2006
Código do texto: T279031

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Claudia Nunes Ribeiro - www.recantodasletras.com.br/autores/claudianunes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Nunes da Silva
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 48 anos
393 textos (131763 leituras)
9 áudios (5329 audições)
6 e-livros (3813 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:55)
Claudia Nunes da Silva