Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pai...


Hoje preciso de um amigo.
Não dos amigos comuns.
Mas de um verdadeiro amigo, o Senhor.

Um amigo para chorar nos ombros.
Chorar todos os meus maus caminhos.
Chorar os planos que fiz e que não deram certo.

Pai, hoje preciso sair, passear um pouco.
Sair do que me cerca passear no lugar que o Senhor mais gosta de ir.
Que lugar é esse?
Aonde o Senhor vai quando precisa pensar? Quando precisa se distrair?

Sabe Pai, não sei direito onde errei, ou onde comecei a errar.
Só sei que meus erros me trouxeram um grande vazio.
Uma grande tristeza.

Pai gostaria de escrever uma poesia para o Senhor.
Mas a única coisa que escrevo são meus lamentos.
Lamento a Você na esperança de ver tudo como era antes.
Como se eu pudesse voltar.
Não errar.

O livre arbítrio é como uma faca de dois gumes.
E às vezes o corte é muito profundo, principalmente, quando se corta para o
lado errado.
Principalmente, quando o corte é feito no coração de quem amamos.

Meu Pai, meu amigo, meu Deus.
Que essa lamentação seja a minha oração.
Oração que faço a Você.
Leva-me pra passear, meu Senhor...


Ivete Tayar
(autora)

Reservado Direitos Autorais
Lei nº 9.610

Ive
Enviado por Ive em 12/03/2006
Reeditado em 12/03/2006
Código do texto: T122092
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
217 textos ( leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:55)