Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(VI) MEDITAÇÕES EM ESTER - 2. ESDRAS E NEEMIAS.


ESTER 2.

     “Quando o Senhor restaurou a sorte de Sião, ficamos com quem sonha. Então a nossa boca se encheu de riso, e a nossa língua de jubilo” Salmo 126:1-2

     Esdras e Neemias foram cooperadores de Deus. Os dois tiveram a experiência do cativeiro, mas ambos também tiveram o encargo da restauração. (Amado este é o teu caso e o da igreja no Brasil) O livro de Esdras descreve a volta de muitos cativos da Babilônia para Jerusalém. Ciro, o rei da Pérsia, foi despertado pelas profecias do livro do profeta Isaías, e mandou passar pregão por todo o seu reino, a fim de convocar todos os judeus a voltarem para Jerusalém. Assim terminava o cativeiro de setenta anos, e iniciava-se o tempo de restauração! (Você não acha que a igreja do Senhor no Brasil esta cativa por muito tempo e esta é a hora de nos unirmos, nos encorajarmos e restaurar nossos ministérios?) Em Jerusalém as obras de reedificação começaram, e os alicerces do templo foram lançados. No entanto, o povo ficou desanimado pelos ataques do inimigo, e não houve edificação sobre os alicerces. Após isso, mais ou menos 15 anos, o Senhor levantou dois profetas, (eu sou um, seja você o outro profeta do Senhor para despertar a igreja do Senhor no Brasil) Ageu e Zacarias, para encorajarem o povo do Senhor a concluírem a edificação do templo. Enfim, o templo foi reedificado. Que alegria!
     Porém, com o passar dos anos, o templo recebeu a visita de inimigos. Por que? O livro de Neemias relata a causa: “Os muros de Jerusalém estavam derrubados e as portas da cidade estavam queimadas” [Neemias 2:13-17] em outras palavras os inimigos tinham total liberdade para entrarem e saírem. Como os muros não estavam restaurados, o templo podia ser danificado. Quando Neemias soube da desolação dos muros, ele se entristeceu demais, e o encargo de restaurar os muros ardeu em seu coração. Ele, então fez uma oração muito especial a Deus, ele arrependeu-se de seus pecados. Porém, não só dos seus, mas também dos pecados de todo povo. Será que temos o mesmo sentimento de Neemias? (Clame meu amado por seus pecados e pelos pecados da igreja no Brasil)
     Nossa situação não é muito diferente, um dia fomos despertados, saímos do cativeiro da religiosidade vã, subimos para restaurar a casa de Deus, no lugar que Ele escolheu recebemos a revelação de que o templo representa a igreja e a arca representa Cristo. A igreja precisa de Cristo, e Cristo precisa de nós (A igreja) para cumprir a vontade de Deus na terra. No entanto, quando sabemos que nossos irmãos têm sido desanimados pelos ataques dos inimigos, que entram e saem livremente, qual tem sido a nossa atitude? Sim, quando pecamos, nós confessamos nossos pecados, mas por que Deus ainda não abençoa plenamente a congregação na qual nos reunimos? Amados irmãos precisamos enxergar o Neemias viu. Temos de nos arrepender pelos pecados do povo de Deus no Brasil! Esse é o sentimento correto de quem quer cooperar com Deus. Na igreja nós queremos seguir o Senhor, e para segui-lo precisamos negar a nossa vida da alma (sentimentos), e viver por fé. Mas muitos irmãos ainda consideram os seus sentimentos (alma) como algo precioso. E com isto a igreja sofre prejuízos.       Por clamo oremos pelo povo do Senhor no Brasil!
     A próxima meditação será: “Neemias, o edificador”
           
        BY PASTOR VALDECI NASCIMENTO OLIVEIRA.
       II IGREJA METODISTA ORTODOXA.
Valdezz
Enviado por Valdezz em 12/03/2006
Código do texto: T122223
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valdezz
Arraial do Cabo - Rio de Janeiro - Brasil, 64 anos
159 textos (14708 leituras)
2 e-livros (35 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 00:25)
Valdezz