Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A LEI DO AMOR

"EU, PORÉM, VOS DIGO: AMAI OS VOSSOS INIMIGOS E ORAI PELOS QUE VOS PERSEGUEM"
(Mt. 5:44)
------------------------------------------------------------
 

Com relação à vingança particular o princípio do quanto a mim, tanto a ti foi rompido. Agora a divisão dos homens em amigos e inimigos na vida social do povo é simplesmente, posta de lado. Para o discípulo já nem existe a idéia de inimigo. A caridade do discípulo se estenderá a todos os homens, e cada um em particular ser-lhe-a próximo.
"AMAI OS VOSSOS INIMIGOS E ORAI PELOS QUE VOS PERSEGUEM"
Talvez não se deva ter em mente o desafeto pessoal, ou  aqueles que nos tem inveja ou nos caluniam, nem bem ou mal vizinho ou o nosso concorrente nos negócios. Já em vida de JESUS os discípulos participavam da hostilidade e calúnia que lhe eram feitas. Quanto mais na época em que a missão cristã estava em pleno andamento e os missionários e comunidades cristãs tinham que suportar duras provas. Como não devem ter sentido como oportuna à exortação de JESUS.
"ORAI PELOS QUE VOS PERSEGUEM, AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS"
Não deveriam responder com aversão e repúdio, para não tornar ainda mais altos os muros da inimizade. A sua missão seria sempre a mesma: vencer o ódio pelo amor. Vê-se claramente,portanto, que o conceito  de amor foi altamente elevado no uso do N.T.
O amor é o verdadeiro teste do caráter de um homem. Uma das - principais lições - que devemos aprender, na jornada desta vida, é como amar aos outros. Pode-se ver o que significa o amor, se considerarmos a atitude que cada qual tem para consigo mesmo;Quase todos fazem tudo quanto está ao seu alcance, procurando seu próprio benefício. Temos o cuidado de prover todas as nossas necessidades físicas, nossa  educação e os cuidados médicos quando adoecemos, etc. Amar a um amigo ou a um inimigo, por conseguinte, equivale transferir para eles o cuidado que cada qual tem por si mesmo. Amar a nossos semelhantes como amamos a nós mesmos seria a perfeita transferência desses cuidados que exercemos por nós.É muito raro que alguém faça assim, mesmo de vez em quando, mas essa é a grande lição que nos compete aprender, aquela que é exigida pela ética cristã. Quando, finalmente, estivermos transformados segundo a imagem de CRISTO, então amaremos desse modo, porque foi assim que Ele nos amou.
Poderíamos compreender estas palavras - "AMAI OS VOSSOS INIMIGOS"  - se elas fossem, "Não detestais os vossos inimigos"; mas a idéia de amarmos os nossos inimigos é por demais elevada. JESUS não permite o ódio em quem quer que seja. O ódio, em si, não é humano. Esse é o mais sublime conceito moral jamais dado à humanidade. Ninguém, exceto JESUS, poderia ter proferido tais palavras com convicção.
A base desse mandamento é que DEUS ama ao mundo inteiro, de modo geral, sem acepção de pessoas (Jo. 3:16), e que CRISTO agiu do mesmo modo (Rm. 5:6-10). O apóstolo Paulo escreveu: "NÃO TE DEIXES VENCER DO MAL, MAS VENCE O MAL COM O BEM"(Rm. 12:21.)
JESUS mostra, neste passo, que - a lei do amor - é a lei mais importante e que o amor a DEUS implica em amor aos homens. "A ISTO ELE RESPONDEU: AMARÁS O SENHOR, TEU DEUS, DE TODO O TEU CORAÇÃO, DE TODA A TUA ALMA, DE TODAS AS TUAS FORÇAS DE TODO O TEU ENTENDIMENTO". (Lc. 10:27). Mais do que isso significa que essa extensão do amor a DEUS (extensão essa que abrange todos os homens) ocupa o segundo lugar, na ordem da importância, entre todos os mandamentos. Nesta passagem JESUS mostra que esse amor, quando compreendido corretamente, se aplica até aos inimigos porque, de conformidade com a atitude de DEUS, eles também são próximos, sim, e mais do que isso são irmãos.
O ódio mais persistente e profundo é aquele citado pelas diferenças religiosas. Mas até os que perseguem por causa da diferença da religião também devem ser objeto de nosso amor e de nossas orações. Provavelmente essas são as pessoas mais difíceis de ser amadas. Parace que poucos, além de JESUS, têm sido capazes de cumprir esse conceito moral.
Portanto, "DIGO-VOS, PORÉM, A VÓS OUTROS QUE ME OUVIS: AMAI OS VOSSOS INIMIGOS, FAZEI O BEM AOS QUE VOS ODEIAM; BENDIZEI AOS QUE VOS MALDIZEM, ORAI PELOS QUE VOS CALUNIAM".
(Lc. 6:27-28).


 




 
   
 
 
 
 
Wil
Enviado por Wil em 15/06/2006
Código do texto: T176133
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2623 textos (84607 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:42)
Wil