Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
JESUS ENSINA A ORAR.

LUCAS 11.1-4
Jesus orava em um determinado lugar e ao terminar sua oração foi indagado por um de seus discípulos:

- Mestre, nos ensine a orar,
como João ensinou aos seus discípulos!

Jesus respondeu:
- Quando vocês orarem, digam:

"Pai, que todos reconheçam que o teu nome é santo.
Venha o teu Reino.

Dá-nos cada dia o alimento que precisamos.

Perdoa os nossos pecados
pois nós também perdoamos todos os que nos ofendem.

E não deixes que sejamos tentados
."

Com esta simples oração Jesus nos diz como nos dirigirmos ao Pai, as palavras e os sentimentos de dentro de nós; neste modelo de oração, Ele nos exemplifica que a melhor oração, é aquela que usamos nossas próprias palavras, inspiradas pelo sentimento do momento e a emoção de um coração contrito.

As orações formalizadas em textos decorados, nem sempre expressam o sentimento e as necessidades de quem ora.

A repetição anula a emoção!

A oração não se faz ouvida pela insistencia de sua repetição; não somos ouvidos pelo Pai pelo muito falar, mas pela fé expressa, quando nos colocamos diante de Deus.

Um ladrão morria com Ele na cruz; este é um exemplo no qual me inspiro para entender o poder de uma oração genuína, dita no calor da emoção; seja em agradecimento ou clamor de  uma necessidade. O ladrão mal sabia que orava; naquele momento de dor e certeza de morte;  três homens pregados numa cruz, dois ladrões e um inocente se tornam personagem de mais um dos tantos milagres de Jesus.

O primeiro momento ele repreende o companheiro, mal feitor, que ousou desafiar Jesus a salvar-se da cruz;  reconhece seus pecados e o merecimento daquele duro castigo e voltando-se para Jesus lhe diz:

- Senhor! lembre-se de mim, quando for chegado o seu reino!

Jesus lhe respondeu :
- Hoje mesmo estarás comigo no paraíso.

E aí! qual a fórmula certa de oração?

A fórmula certa vem do coração, mesmo que seja aquele arcaico modelo cheio de "decorebas" se nele estiver o seu coração, contrito a cada palavras.

A melhor oração é aquele em que o coração lhe toma de emoção e faz pleno uso de sua boca; seja em agradecimento ou suplica por um milagre. Deus ouve todas as orações, mas Ele aprecia uma oração que vem a Ele em forma de louvor.

Rezar é repetir textos premoldados e orar é deixar que seus próprios sentimentos moldem suas palavras e a emoção do momento passa no  coração.

A essência da oração é a FÉ e quando oramos inspirados em nossas próprias necessidades, nos sentimos muito mais pertos de Deus.

Tente falar com Deus usando suas próprias palavras, não se ache pequeno diante de Deus, pois Ele chama para sí os humildes, cansados e sobrecarregados, lhe prometendo alívio e paz.

Que o Senhor o abençoe.
Flamarion Costa
Enviado por Flamarion Costa em 25/08/2009
Reeditado em 01/11/2009
Código do texto: T1773224

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Flamarion Costa
Brasília - Distrito Federal - Brasil
472 textos (114254 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/14 05:55)
Flamarion Costa



Rádio Poética