Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
ESCUTA, MEU FILHO



(Autor desconhecido)



Era uma vez um homem, que ousou falar com Deus.
O homem gritou:
--- Deus! Queima a sarça, como queimaste para Moisés, e obedecerei.
--- Deus! Derruba os muros como derrubaste para Josué, e eu lutarei.
--- Deus! Acalma as ondas como fizeste na Galiléia, e eu ouvirei.
Então o homem sentou-se perto da sarça, ao lado do muro, junto ao mar e esperou Deus falar.
E Deus ouviu o homem, portanto respondeu.
Deus enviou fogo, não para a sarça, mas para a igreja.
Deus derrubou o muro, não de pedras, mas de pecados.
Deus acalmou tempestades, não no mar, mas nos corações.
E Deus esperou a resposta do homem.
Esperou....
Esperou....
E esperou...
Mas o homem via sarças, não corações alegres;
Via pedras, não pessoas perdoadas;
Via mares, não a vida ao seu redor.
Por fim o homem olhou para Deus e perguntou:
--- Deus! Perdeste o poder?
E Deus olhou tristemente para o homem e perguntou:
--- Homem! Perdeste a sensibilidade?

Muniz de Albuquerque
Enviado por Muniz de Albuquerque em 30/06/2006
Reeditado em 20/05/2009
Código do texto: T185366
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Rosival Muniz de Albuquerque www.rosivalmuniz.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Muniz de Albuquerque
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
136 textos (45307 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:19)
Muniz de Albuquerque