Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTUDO BÍBLICO - MÓDULO XXXIX

NOVO TESTAMENTO

ATOS DOS APÓSTOLOS
 
O Livro dos Atos dos Apóstolos, escrito por Lucas, relata  o nascimento da igreja primitiva, a importância do Espírito Santo no desenvolvimento das primeiras comunidades cristãs, a ascensão de Jesus, a conversão de Paulo, entre outros. Citaremos as passagens de destaque em Atos dos Apóstolos.
 
CAPÍTULO 02
DESCIDA DO ESPÍRITO SANTO
É nesse capítulo que está registrada a vinda do Espírito Santo no dia de Pentecostes. "Ficaram todos cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem". Pedro crê ser esse o momento adequado para proferir um belo discurso que alcança tantos corações de modo que rende excelentes frutos para a Igreja, pois naquele dia elevou-se a cerca de três mil o número de adeptos. É importante notar que o antes temeroso Pedro agora é um homem destemido que faz um discurso para uma grande assembléia resultando em um numero sempre crescente de convertidos. Esse Pedro já não tem medo de prisões nem açoites. Esse mesmo Pedro que negou Jesus enfrentará a morte de cabeça erguida.  
 
CAPÍTULO 04
“Vendo eles a coragem de Pedro e de João, e considerando que eram homens sem estudo e sem instrução, admiravam-se.” Verdadeiramente Pedro foi lapidado por Jesus e agora era uma jóia rara. Admiravam-se de sua coragem, já que após a morte e ressurreição de Jesus os cristãos foram duramente perseguidos. A cada dia uns eram trancafiados em prisões, outros eram submetidos a açoites. Pedro, porém, a cada dia elevava a sua voz.  
  
CAPÍTULO 07
MORTE DE ESTÊVÃO
Estêvão, um dos sete diáconos, cheio de fé e do Espírito Santo “fazia grandes milagres e prodígios entre o povo.” Ocorre que alguns da Sinagoga sentiram-se ameaçados porque Estêvão arrastava multidões. Prenderam Estêvão, levaram-no ao grande conselho e ele aproveitou o momento para proferir com destemor um rico discurso em que afirmava a sua fé no Deus de Abraão, de Isaac e de Jacó. Lançaram-no fora da cidade e apedrejaram-no até a morte. “As testemunhas depuseram os seus mantos aos pés de um moço chamado Saulo”.  Saulo, ou Paulo, ou Paulo de Tarso, assistia impassível ao assassinato de um inocente.  
 
CAPÍTULO 08
PERSEGUIÇÃO AOS CRISTÃOS
“E Saulo havia aprovado a morte de Estêvão. Naquele dia rompeu uma grande perseguição contra a comunidade de Jerusalém (...) Saulo, porém, devastava a Igreja. Entrando pelas casas, arrancava delas homens e mulheres e os entregava à prisão”. Ainda teremos motivo para nos orgulhar de Saulo, o nosso Paulo.
 
No Módulo XL relataremos a conversão de Paulo, esse ardoroso perseguidor dos cristãos.
 
Boa leitura
 
Quinta-feira, 02 de julho de 2009.

Iara Mesquita
Enviado por Iara Mesquita em 19/11/2009
Código do texto: T1932735

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Iara Maria de Oliveira Mesquita e o site www.iaramesquita.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Iara Mesquita
Fortaleza - Ceará - Brasil
298 textos (45548 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/11/14 04:07)
Iara Mesquita



Rádio Poética