Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRECE DO PÃO

        Senhor!
       
        Entre aqueles que te pedem proteção, estou eu também, servo humilde a quem mandaste extinguir a flagelo da fome.
        Partilhando o movimento daqueles que te servem, fiz igualmente o meu giro.
        vi-me frequentemente detido, em lares faustosos, cooperando nas alegrias da mesa farta, mas vi pobres mulheres que me estendiam,dabalde, as mãos!...
        Vi crianças esuqeléticas que me olhavam ansiosas, como se estivessem fitando um tesouro perdido.
        Encontrei homens tristes, transpirando suor, que me contemplavam, agoniados, rogando em silêncio, para que lhes socorresse os filhinhos largados ao extremo infortúnio...
        Escutei doentes que não precisavam tanto de remédio, mas de mim, para que pudessem atender ao estômago torturado!...
        Vi a penúria cansada de pranto e reparei, em muitos corações desvalidos, mudo desespero por minha causa.
        Entretanto, Senhor, quase sempre estou encarcerado por aquelas mesmas criaturas que te dizem honrar.
        Falam em teu nome, confortadas e distraídas na moldura do supérfulo, esquecendo que caminhaste, no mundo, sem reter uma pedra em que repousar a cabeça.
        Elogiam-te a bondade e exaltam-te a glória, sem perceberem, junto delas, seus próprios irmãos fatigados e desnutridos. E, muitas vezes, depois de formosas dissertações em torno de teus ensinos, aprisionam-me em gavetas e armários, quando não me trancam sob a tela colorida de vitrines custosas ou no recinto escuro dos armazéns.
        Ensina-lhes, Senhor, nas lições da caridade, a dividir-me por amor, para que eu não seja motivo á deliquência.
        E, se possível, multiplica-me, por misericórdia, outra vez, a fim de que eu possa alviar todos os famintos da Terra, por quem, um dia, Senhor, quando ensinavas o homem a orar, incluíste-me, entre as necessidades mais justas da vida, suplicando também a Deus:
                   " O pão nosso de cada dia dai-nos hoje "

frangozl
Enviado por frangozl em 23/11/2006
Código do texto: T299046
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
frangozl
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 32 anos
20 textos (2661 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:46)
frangozl