Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Porque Deus nos Exorta.

Tenho uma concepção de Deus, primeiramente é fundamental que compreendamos que Deus é Amor, São Paulo é bem explicito quando na 1ª carta coríntios faz uma explanação do que significa a palavra Amor.
Quando refletimos os textos bliblicos podemos ver em alguns momentos Jesus usa de palavras fortes e de  profunda exigência no compromisso de ser discípulo.  Porque Jesus falar com uma certa firmeza já que ele é amor e nos conhece?
Aqui é que esta a chave da questão. Por nos conhecer e saber de nossas limitações e as fraquezas da carne é que coloca sobre nós responsabilidades. Em outra passagem João diz que o pai corrige aqueles que Ele ama. As exigência, os compromissos de buscar  uma vida de Santidade certamente nos preserva de entrar em profundo sofrimento interior.
Eu acredito que Deus ama incondicionalmente seus filhos, isto é, cada um de nós. Sua intervenção na humanidade e particularmente em nossa vida tem objetivos  que são proporcionar a cada pessoa humana a paz interior, a realização pessoal, a segurança de que não estamos sozinhos e sobretudo a realização do plano que  Deus tem para ca um de nós que certamente é aquele que nos realizará em todos os aspectos.
Como disse anteriormente, Deus conhece as limitações humanas e sabe que é por este canal onde o mal procura atingi-lo, machucando cada um de nós. Quando um pai ama de fato seu filho, qualquer situação que possa machuca-lo, feri-lo este pai sente em sua própria carne esta realidade. Dentro deste contexto quando lemos a Bíblia nos relata que  quando Deus fez o homem nos fez  sua imagem e semelhança, poderíamos dizer então que o mesmo sentimento do pai é sentido por Deus quando estamos sofrendo,  e de maneira ainda mais profunda, pois Ele sente a do filho e do pai,  na realidade todos somos filhos de Deus.
Seguindo este pensamento podemos concluir que o objetivo do mal ( demônio) , é atingir o coração de Deus, aproveitando de nossas limitações humanas, nossos traumas, nossas carências, nossos complexos, angustias, repressões pois o demônio sabe que Ele respeita nossa liberdade, mas mesmo assim, Deus  procura nos mostrar que através desta ação maligna podemos tirar o bem,  aproveitando-se para nos apontar os caminhos onde  possamos buscar a paz interior ainda que atingidos constantemente pelo mal.
    O Demônio não tem poder sobre o Espirito, mas age em nossas condições limitadas de ser humano e através destas limitações semeia o mal por toda a humanidade, e quando este mal começa a se espalhar ou ser praticado por varias pessoas ao mesmo tempo  atinge grandes proporções e sendo assim, faz se necessário certas exigência e comprometimentos das pessoas no compromisso a fidelidade da Boa Nova.
Se cada pessoa querer viver sua Fé de maneira particular e não ser testemunho, não anunciar e não denunciar, na verdade torna-se aquele que recebeu um talento e com medo, sem compromisso de arriscar se esconde para  não ser atingida torna-se egoísta não sendo um construtor do Reino de Deus, desta forma esta pessoa contribui  para  que o sofrimento,  que a maldade cada vez mais expande e certamente ferindo ainda mais o coração de Deus,  porque Ele nos Ama.
Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 13/07/2005
Código do texto: T33646
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ataíde Lemos
Ouro Fino - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
5266 textos (1219323 leituras)
5 e-livros (11756 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:44)
Ataíde Lemos

Site do Escritor