Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LITURGIA DA PALAVRA (Missa do dia 11 DEZEMBRO 2011

LEITURAS QUE SERÃO PROFERIDAS NO MUNDO TODO NAS CELEBRAÇÕES DAS SANTAS MISSAS NO PRÓXIMO DIA 11/12/2011 FONTE: www.arquidiocesedesaopaulo.org.br

3º DOMINGO DO ADVENTO


O terceiro Domingo do Advento é também chamado “Domingo da alegria”, porque apresenta um forte  sentimento de jú­bilo diante da perspectiva iminente do Natal. É também dia da Coleta Nacional da Campanha para a Evangelização da Igreja no Brasil. Aproveitemos esta oportunidade para demonstrar nossa ge¬nerosidade e espírito de comunhão eclesial, por meio da colaboração nas coletas de hoje, destinadas a consolidar a evangelização

Com o coração contrito e humilde, ouçamos as leituras de hoje e aprofundemos nossa adesão ao Filho de Deus, cuja encarnação celebramos na festa do Natal.

PRIMEIRA LEITURA (Is 61,1-2a.10-11)
Leitura do Livro do Profeta Isaías.

1   O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor
     me ungiu; enviou-me para dar a boa nova aos humildes,
     curar as feridas da alma, pregar a redenção para os cativos
     e a liberdade para os que estão presos; (2)para proclamar
     o tempo da graça do Senhor.
10  Exulto de alegria no Senhor e minha alma regozija-se em
     meu Deus; ele me vestiu com as vestes da salvação,
     envolveu-me com o manto da justiça e adornou-me como
     um noivo com sua coroa, ou uma noiva com suas jóias.
11  Assim como a terra faz brotar a planta e o jardim faz
     germinar a semente, assim o Senhor Deus fará germinar a
     justiça e a sua glória diante de todas as nações.
                 - Palavra do Senhor.
                          T. Graças a Deus.

SALMO RESPONSORIAL (Lc 1,46 SS)
(H4 p. 216 Fx 6)

O Senhor fez por mim maravilhas: * Santo, Santo, Santo é seu nome! (bis)

1. A minha alma engrandece o Senhor, * e se alegrou o meu Espírito em Deus, meu Salvador, * pois, Ele viu a pequenez de sua serva, * eis que agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

2. O Poderoso fez por mim maravilhas * e Santo é seu nome! *  Seu amor, de geração em geração, * chega a todos que o respeitam.

3. Demonstrou o poder de seu braço, * dispersou os orgulhosos. * Derrubou os poderosos de seus tronos * e os humildes exaltou.

4. De bens saciou os famintos * e despediu, sem nada, os ricos *  Acolheu Israel, seu servidor, * fiel ao seu amor.

5. Como havia prometido aos nossos pais, * em favor de Abraão e de seus filhos para sempre.

6. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo * como era no princípio, agora e sempre. Amém!

SEGUNDA LEITURA (1Ts 5,16-24)
Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Tessalonicenses.

     Irmãos:
16  Estai sempre alegres!
17  Rezai sem cessar.
18  Dai graças em todas as circunstâncias, porque esta é a
     vosso respeito a vontade de Deus em Jesus Cristo.
19  Não apagueis o espírito!
20  Não desprezeis as profecias,  (21) mas examinai tudo e
     guardai o que for bom.
22  Afastai-vos de toda espécie de maldade!
23  Que o próprio Deus da paz vos santifique totalmente, e que
     tudo aquilo que sois – espírito, alma, corpo – seja conservado
     sem mancha alguma para a vinda de nosso Senhor Jesus
     Cristo!
24  Aquele que vos chamou é fiel; ele mesmo realizará isso.
                  - Palavra do Senhor.
                          T. Graças a Deus.
ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO
(H1, p. 46 Fx 9)

Aleluia, aleluia! *
Aleluia, aleluia!

O Espírito consagrou-me, (bis)
E mandou-me anunciar. (bis)
Boa Nova para os pobres! (bis)

EVANGELHO (Jo 1,6-8.19-28)
P. O Senhor esteja convosco.
            T. Ele está no meio de nós.
P. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João.
            T. Glória a vós, Senhor.

6   Surgiu um homem enviado por Deus, seu nome era João.
7   Ele veio como testemunha, para dar testemunho da luz,
     para que todos chegassem à fé por meio dele.
8   Ele não era a luz, mas veio para dar testemunho da luz.
19  Este foi o testemunho de João, quando os judeus enviaram
     de Jerusalém sacerdotes e levitas para perguntar:
     “Quem és tu?” 20João confessou e não negou. Confessou:
     “Eu não sou o Messias”.
21  Eles perguntaram: “Quem és, então? És tu Elias?”
     João respondeu: “Não sou”. Eles perguntaram: “És o Profeta?”
     Ele respondeu: “Não”.
22  Perguntaram então: “Quem és, afinal? Temos que levar
     uma resposta àqueles que nos enviaram. O que dizes
     de ti mesmo?”
23  João declarou: “Eu sou a voz que grita no deserto:
     ‘Aplainai o caminho do Senhor’”, conforme disse o profeta
     Isaías.
24  Ora, os que tinham sido enviados pertenciam aos
     fariseus e 25perguntaram: “Por que então andas batizando,
     se não és o Messias, nem Elias, nem o Profeta?”
26  João respondeu: “Eu batizo com água; mas no meio de
     vós está aquele que vós não conheceis, (27)e que vem depois
     de mim. Eu não mereço desamarrar a correia de suas
     sandálias”.
28  Isso aconteceu em Betânia além do Jordão, onde João
     estava batizando.
              - Palavra da Salvação.
                        T. Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Mais uma vez nos encontramos para meditar a palavra de Deus. Já estamos no terceiro Domingo do Advento, tempo de preparação nesta caminhada para comemorarmos, com muita alegria, o nascimento de Jesus. Somente alguns dias nos separam dessa grande data.

É tempo de alegria e de esperança, é Jesus que vem! É o Menino Deus que vem para consertar o que a humanidade destruiu. Vem para derrubar as barreiras que separam e que isolam. Vem para unir, salvar e para trazer a paz.

No evangelho de hoje, nos deparamos com João Batista e, como sempre, lá está ele testemunhando Jesus. João dedicou toda sua vida para anunciar a vinda do Messias. Ainda no ventre de sua mãe, na visitação de Maria, João estremeceu de alegria ao testemunhar a presença da Verdadeira Luz.

Os sacerdotes e levitas queriam saber dos mínimos detalhes. Os fariseus estavam preocupados com João. Como é que pode batizar, como pode pregar o jejum, a penitência e, até mesmo a conversão, alguém sem nome e sem títulos? "Se não és o Messias, nem Elias ou algum profeta, quem és afinal?” – perguntavam.

As perguntas foram muitas, João poderia dizer tanta coisa a seu respeito, ele poderia vangloriar-se do privilégio de ser o anunciador do Messias, mas não foi nada disso que fez. Ele não se exaltou e humildemente disse: "Sou a voz que clama no deserto: aplainem o caminho do Senhor!"

"No meio de vocês está alguém de quem eu não sou digno sequer de desamarrar a correia de sua sandália". João fez questão de ressaltar a grande diferença entre o batismo de Jesus e o seu. "Eu batizo com água, Ele, porém, vos batizará com o Espírito Santo" – disse.

O batismo de João não perdoava os pecados, mas levava ao arrependimento, o sentimento básico para se obter de Deus o perdão. Era um rito que simbolizava a renovação interior, a mais adequada preparação para receber o Messias e o seu Verdadeiro Batismo.

Como dissemos, João Batista foi o primeiro missionário. Cumpriu muito bem sua tarefa de preparar os caminhos. Apesar de sua humildade, demonstrava uma personalidade vigorosa, clara e firme. Ele não era a luz, mas como ninguém, soube dar testemunho da Luz. Preparou muito bem o terreno para Jesus lançar as sementes do Reino.

Uma vez cumprida sua missão, ele desaparece do cenário e deixa Jesus agir. A grande prova que João tinha consciência da divindade de Jesus está contida nestas palavras que, mais tarde ele diria aos seus discípulos: "É preciso que Ele cresça e eu diminua".

Vamos imitar o João e deixar Jesus agir. Vamos fazer a nossa parte e cumprir a nossa missão. Se prepararmos os caminhos e os terrenos, os homens caminharão sem tropeços e as sementes germinarão; se nos fizermos menores entre os irmãos, seremos grandes perante Deus.

jorgelorente@ig.com.br - 11/dezembro/2011

ARQUIDOIOCESE DE SÃO PAULO - JORGE LORENTI
Enviado por Antônio Oliveira em 04/12/2011
Reeditado em 05/12/2011
Código do texto: T3371925
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antônio Oliveira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 69 anos
601 textos (538990 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/14 16:24)
Antônio Oliveira



Rádio Poética