CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Não vos inquieteis com o dia de amanhã...Bíblia Sagrada-Mateus 6.34

NÃO SEJAIS INQUIETOS.
"...Não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta o dia o seu próprio mal" (Mateus 6.34)


A ansiedade é o pavor da alma. O tom do Senhor Jesus quando tratava da ansiedade, da pobreza, da tristeza, e da solidão, era sempre um tom suave e terno - "Não andeis ansiosos com coisa alguma". Jesus Cristo nunca "forçou a barra" no que diz respeito à fragilidade da nossa natureza humana, Ele Próprio viera da pobreza e a conhecia de perto... Por isso, muitas vezes fez referência à roupas remendadas, ao preço dos pardais, ao uso de odres velhos, e ao pequeno salário recebido pelo trabalhador. Jesus era acostumado ao sofrimento e à ansiedade dos pobres, pois, Ele era um deles - "... O Filho do Homem(Ele) não tem onde reclinar a cabeça" (...).

Ainda sobre Ansiedade, e pelo ensinamento de Jesus, é preciso que entendamos que existe uma enorme diferença entre prevenção e preocupação. E é justamente a preocupação o que o Senhor Jesus categoricamente desaprovava. Devemos semear no outono tendo a noção do que estamos fazendo o que é correto, mas não é sábio nem saudável perdermos o sono durante o inverno nos preocupando quanto a colheita que teremos pela frente. Da mesma forma, quanto aos suprimentos futuros das nossas necessidades, devemos ter mais tranqüilidade pois não são tão urgentes quanto as necessidades e urgências do dia de hoje. Isso abrange urgências e necessidades do corpo, da mente, e, ou do coração. Mesmo que não usemos bem os olhos da fé para enxergar, o Senhor, na eternidade, já cuidou de todas as nossas urgências e necessidades futuras, pois Ele não dorme nem cochila, é o que diz o salmista.

Se alguns de nós temos andado ansiosos, devemos refletir nas Palavras de esperança de Jesus. Era exatamente isso que Ele se esforçou para dizer e disse - "Se os Senhor vos deu vida, não a susterá? Não é assim que Ele cuida dos pássaros que desconhecem o Seu Senhorio? Também não cuida das flores mesmo sendo elas tão passageiras, quanto mais vós que sois eternos e filhos? Ele não vos deu Seu Próprio Filho por amar de tal maneira, como vos recusará cuidado e proteção futura?

Certos disto, devemos estar prevenidos e não preocupados. Devemos constantemente crer que no tempo certo o Senhor manifestará aos nossos frágeis olhos humanos os Seus cuidados ocultos que hoje só somos capazes de ver com os olhos da fé... Confiemos pois no nosso Provedor Fiel, sejamos responsáveis e prevenidos na medida e no tempo certo, jamais permitindo que a preocupação demasiada e a ansiedade nos roube a segurança e a alegria de sermos filhos de Deus...AMÉM
__________________________________________________
quer uma meditação diária pelo site gratuita com música,então acesse:

http://www.ramanauskas.adv.br/palavrasdoceu/index.htm
edson pereira ramanauskas
Enviado por edson pereira ramanauskas em 10/07/2007
Código do texto: T558986

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar o nome do autor e o site http://www.ramanauskas.adv.br/palavrasdoceu/index.htm). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
edson pereira ramanauskas
Guarapari - Espírito Santo - Brasil, 67 anos
570 textos (267333 leituras)
12 áudios (18395 audições)
228 e-livros (50873 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/14 02:31)