Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Batismo

 

            No encontro do óvulo com o espermatozóide ocorre a concepção, então a mulher e o homem automaticamente tornam-se pais.  Ainda que esta criança esteja no útero materno isto não tira a paternidade nem a maternidade de seus geradores. No entanto, a concretização plena ocorre quando a criança nasce. Para ilustrar o que digo vou usar uma frase corriqueira usada por pessoas contrárias ao aborto “Se quer abortar então espera nascer e depois mate a criança”.  Esta frase é dita por que certamente ao ver a criança jamais aquela pessoa que desejou abortar faria (mataria) , pois sente mãe em plenitude, ainda que não o desejasse.  

 

           Pois bem, iniciei esta reflexão para falar do batismo. Evidentemente, antes mesmo de nascermos Deus já nos planejou, já nos desejou enfim, já nos amou. É Seu amor que nos deu a vida, portanto ainda que não batizados somos amados e queridos por Deus. 

            Porém, o batismo nos eleva a condição da plenitude de filhos de Deus. Sendo assim, batizar é muito mais que arrependimento dos pecados e conversão, significa recebermos a coroa de rei, de sacerdote e profeta. Isto é, recebemos a realeza, e a missão de anunciadores deste reino. 

            João batizava com água, Jesus batiza com o Espírito Santo. Portanto, batizar é torna-se ungido, templo e morada da Santíssima Trindade e ninguém tem o direito de privar quem quer que seja de torna-se casa da Trindade. Partindo destas primícias, é uma honra aos pais batizarem seus filhos recém-nascidos, pois estão entregando a Deus aquele que é Dele, e assumindo compromissos como pais cristãos.  

            É comum limitarmos o batismo ao pecado original, sendo assim, acreditamos que batizar signifique perdão dos pecados tão somente. Porém - ele é também o perdão do pecado de origem -  mas, muito mais que isso. 

 

          A partir de Jesus o batismo não é mais um sinal de conversão e sim algo infinitamente superior a isto. A conversão é um requisito necessário para ser seguidor de Jesus. Por isso, dizer que não há dois batismos. Uma vez batizado em nome do Pai, do Filho do Espírito Santo este batizado recebe estas três dimensões batismais rei, sacerdote e profeta. 

 

           A igreja reconhecendo este valor e direito de todos, tanto que abre exceções para o batismo em casos especiais. Qualquer leigo pode realizar um batismo quando um recém-nascido o qual  não tenha sido batizado esteja em risco eminente de morte.  

 

           Finalizando segundo a igreja o batismo é um Sacramento de imenso valor espiritual como todos são. É nossa plenitude de filhos de Deus garantidos por Jesus. Na verdade somos herdeiros e co-herdeiros do Reino dos Céus, não pelos nossos méritos, mas pela graça. Recebemos a filiação de Deus como doação do próprio Deus, na pessoa de Seu Filho.
Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 06/09/2007
Reeditado em 06/09/2007
Código do texto: T640835
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ataíde Lemos
Ouro Fino - Minas Gerais - Brasil, 52 anos
5325 textos (1244365 leituras)
5 e-livros (11903 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 17:16)
Ataíde Lemos

Site do Escritor