Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EV. MATHEUS "A MULHER CANANEIA"

Ev. Matheus 15,21-24 – A mulher Cananéia

Neste Evangelho de Matheus vemos, novamente, mais um momento de demonstração de fé. O povo da Cananéia , naquele tempo, era um povo como muitos outros, que adoravam vários deuses que eles próprios criavam e, essas pessoas não aceitavam Jesus. Por isso, quando aquela mulher segue Jesus e seus discípulos numa longa caminhada, gritando sem parar :-“Senhor, tem piedade de mim, Senhor, filho de David, salva a minha filha que está  sofrendo horrivelmente.: Depois de algum tempo, cansados de ouvir aquilo, os discípulos chegam até Jesus e lhes dizem que atendesse aquela senhora. Jesus lhes responde que Ele viera para   as ovelhas perdidas da casa de Israel. Mas, a mulher, continua insistindo, até que Jesus, vendo o tamanho da sua f’é, cura-lhe a sua filha e diz-lhe :-“Vai, a tua filha está curada, por causa da tua fé. ”A fé e a persistência da mulher, fizeram com que isso acontecesse.

Jesus nos diz em outras partes do evangelho que :”Tudo o que pedires ao Pai em meu nome, Ele
Vos concederá”. Ele nos fala afirmativamente, não diz que pode ser que o Pai nos atenda. A nossa fé é o alimento da nossa alma, que é o meio, pelo qual, nos comunicamos com o Senhor. Com a alma falamos e com nossos gestos e atitudes, confirmamos a Ele o tamanho da nossa fé.
Conto-lhes aqui uma história –
Conta-se , que um dia um moço forte, atleta, que costumava a praticar o esporte do Alpinismo, isto é subir em altas montanhas, saiu para galgar uma muito alta e perigosa. Mas, como aquilo o satisfazia muito, bem cedo, só,  foi para o local de acesso à conquista tão almejada. Chegando ao pé e disse à montanha  :-“Hoje eu chegarei lá no seu topo, estou bem preparado para isso.”. Era um desafio e, começou a subida. Porém, lá pelo final da tarde, já começando a escurecer e, encontrando-se  bem próximo de chegar ao sonhado lugar e começando a escurecer, a corda em que  segurava-se  soltou-se das suas mãos e ele despencou-se morro abaixo. Quando terminou a queda, ainda segurando a ponta da corda, já tudo escuro e, após muita luta, sem nada enxergar, começou a gritar bem alto :- “Oh Deus! Ajuda-me Senhor! Salva-me desta situação! Não quero morrer, preciso viver !. Salva-me Senhor ! Tem piedade deste teu filho, Senhor !

De repente, ecoa em meio àquela escuridão uma voz muito Forte que lhe diz :-“Sim, eu te salvo, mas se tens fé, larga dessa corda”, repetindo-se mais duas vezes. O moço, sem nada enxergar, dependurado naquela corda, ficou com muito medo e, não atendeu aquela voz. Quando foi no dia seguinte, após muita luta, os seus amigos que o procuravam, encontraram-no morto, congelado e dependurado na corda HÁ SESSENTA  CENTÍMETROS DO CHÃO FIRME. Quando o Senhor lhe disse para soltar a corda era porque Ele sabia que o moço estava bem próximo ao chão . Ãs vezes perdemos o auxilio de Deus porque não confiamos de verdade no que afirmamos, quando dizemos que cremos.

Assim é a nossa vida. Deus procura falar conosco todos os dias Através da nossa consciência, dos acontecimentos, das pessoas, dos animais, de fatos que nos ocorrem, enfim do que Ele possa usar para comunicar-se conosco, a cada momento. É preciso que estejamos atentos quando Ele nos fala; é preciso que estejamos sintonizados com Ele, através da nossa fidelidade ao bem, ao que é correto e ao que é bom, que Ele nunca abandona os filhos que tanto ama.
Fé é isso- “soltar-se nos braços do Senhor, como uma criança que o pai coloca num lugar alto e lhe diz:- “Pula filho que o papai segura você “ E, a criança pula, porque confia no seu pai, sabe que ele a segurará... Reflitamos bem como agimos nós???
Bene  - Ctba. (BGJ) -  DEUS É BOM !!! DEUS É FIEL !!1
Bene
Enviado por Bene em 13/09/2007
Código do texto: T651045

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bene
Curitiba - Paraná - Brasil, 86 anos
481 textos (275183 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 16:01)