Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"A CURA DE UM DOENTE EM DIA DE SÁBADO"

Para os Judeus, naquele tempo e, até hoje, o dia de Sábado era considerado dia em que o Criador terminou a sua Criação, o Mundo. Era o sétimo e último dia , depois Ele descansou, porque estava completo o seu trabalho , diz ou autor do Livro do Gênis, nos seus primeiros capítulos. Ali, encontramos Deus criando as coisas que comporiam este nosso mundo maravilhoso. A cada coisa criada, diz o autor, que Deus parava, olhava (feliz) e dizia que tudo estava bom. Este gesto foi repetido desde o início da criação e, nos indica que, realmente, Ele estava criando o mundo para nós, homens e mulheres, criados por últimos, para habitarem aquilo que criou com tanto amor. Por isso, os judeus respeitam o dia de sábado e não o Domingo, como nós os cristãos, que reconhecemos Jesus como o Filho de Deus feito homem, criado para cumprir um Plano de Salvação, daquele povo que então, estava se perdendo. Esse ato do Criador foi o último recurso depois de tantas tentativas através dos Profetas, que não foram ouvidos.

E, Jesus veio e, muitas coisas passaram a ter outros significados, porque tudo o que Ele nos trouxe é baseado no amor, que já não estava existindo mais, devido ao comportamento daquele povo que fora escolhido e estava tão difícil de reencontrar o caminho, desviando-se dos ensinamentos dos Dez Mandamentos. E, Jesus vem pobre, simples, humilde, como emissário do Pai e, não é reconhecido por aquele povo que esperava um messias, um salvador forte, rico e poderoso, que chegaria montado num enorme e belo cavalo, poderoso, que chegaria para salvá-los . . . e, esperam até hoje. Jesus veio para consertar o que estava errado e conservar o que estava certo. Por isso, todos nós cristãos, temos o Domingo como o dia do Senhor e, não o Sábado, porque foi no Domingo que tudo se cumpriu pela missão de Jesus com a sua ressurreição. Foi no Domingo que Jesus ressuscitou , completando o Plano do Pai, para a nossa salvação

Daí, o porque, o Evangelho de Lucas 14, 1-6, nos conta da cura que Jesus fez, de um homem doente, na presença de doutores da Lei e, fariseus, que o censuraram por ter feito aquilo em dia de Sábado e Jesus, pergunta-lhes : “Qual de vós, se seu filho ou seu boi cai num poço, não o tirará logo de lá, até em dia de Sábado? Todos ficaram quietos. Assim como em outras vezes são narradas nos evangelhos, sobre outras curas também em dia de Sábado. Assim, deixou claro que para se curar alguém,; para se ajudar aos irmãos, não tem hora e nem dia marcado, é a necessidade que determina o momento. O amor é que perceberá e a caridade é que impulsionará para que o ato seja executado. Jesus diz em outra passagem : “O homem não foi feito para o Sábado, o Sábado é que foi feito para o homem.”
Não são as leis criadas pelos homens que nos impulsionam no trabalho da caridade mas...SÃO AS QUE NASCEM DO CORAÇÃO QUE ESTÁ SEMPRE AFINADO COM DEUS, QUE NOS LEVAM Ã PRATICA DO BEM.-  DEUS É BOM !!! DEUS É FIEL !!!
Bene  - Ctba. (BGJ) – 09/10/007
Bene
Enviado por Bene em 09/10/2007
Código do texto: T687326

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bene
Curitiba - Paraná - Brasil, 86 anos
481 textos (271814 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 23:41)