Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REALIZAÇÕES NA TERRA X SONHO DO CÉU

É possível desejar que nossas realizações terrenas sejam satisfeitas? Sim, é possível. É possível, mesmo vivendo na Terra, sonhar com o lugar pelo qual o Senhor Jesus foi preparar morada para nós? Sim, é possível. Existe uma dicotomia ou divisão de duas idéias no meio no meio Cristão no que se refere a esses questionamentos. Alguns anseiam em satisfazer as suas vontades que já foram planejadas pelos objetivos criados, com a intenção de viver uma vida regalada, confortável, tranqüila e financeiramente estabilizada. Outros entram num estado espiritual tão profundo, que acabam por se desligar de tudo que é tangível; vivendo, apenas, do sonho da vinda de Cristo. Falo que é um sonho, simplesmente porque a volta de Cristo ainda não aconteceu, mas como crente também almejo por esse acontecimento todos os dias da minha vida.
Estudando a palavra de Deus, ela nos revela no livro de Isaías no cap. 1 vers. 19 o que o próprio Deus diz:

“Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra.”.

Portanto, não há impedimento da parte de Deus em buscarmos prosperidade ainda nesta vida. Fazer planos futuros, ter metas a serem atingidas e buscar realizações humanas, nada disso é ilegítimo; a própria bíblia diz que se você QUISER essas coisas e OUVIR o que Deus lhe fala, vai conseguir realiza-las.
Por outro lado, existe uma admoestação do apostolo Paulo que não deve ser negligenciada, ele diz em 1 Coríntios 15:19 que:

“Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens.”
 
Em varios outros escritos do apostolo Paulo, ele descreve como devemos permanecer sempre na esperança da volta do nosso Salvador. O aposto Pedro também revela qual deve ser a finalidade da nossa fé: a salvação da nossa alma (1 PEDRO 1:9). Com esses textos em mente, podemos entender que devemos viver na esperança em Jesus Cristo, do sonho com a eternidade e com uma fé finalizada na salvação.
Viver em busca das realizações pessoais pode não ser em um primeiro momento algo nocivo ao nosso relacionamento com Cristo, mas se essa meta a ser realizada passa a tomar toda a nossa atenção e domina todas as nossas atitudes, não há dúvidas de que pode não apenas estragar o nosso relacionamento com o Senhor, como pode nos fazer desviar da fé que temos nEle. A bíblia diz que o amor ao dinheiro é o princípio de todo mal (1 TIMÓTEO 6:10). O termo “dinheiro” pode ser substituído por qualquer outro que esteja significando “desejar ardentemente”, ou amar a essa tal coisa acima do amor de Deus. Quando isso acontece, o que era para ser benção se transformar em maldição.
É de Deus que estejamos vivendo espiritualmente transbordantes. É ótimo meditar nas coisas celestiais. Contudo, ainda vivemos nesse mundo e esse mundo ainda precisa de nós (crentes). Jesus disse que nós tínhamos que ir e pregar o evangelho a toda criatura, só que para fazer isso é necessário estarmos inseridos na sociedade, fazendo parte de grupos sociais. Não dá pra estar “vivendo no céu” quando ainda há tanto trabalho a fazer aqui. Ao invés de vivermos pensando somente na nossa salvação, deveríamos pensar naqueles que ainda se encontram enclausurados pelo pecado, acorrentados pelas paixões do mundo e alheios a vontade de Deus. Jesus diz no livro de Mateus no capítulo 24, quando fala a respeito da sua segunda vinda, que todos estarão fazendo os seus afazeres normais do dia-a-dia: quem trabalha no arado estará trabalhando no arado, quem lava roupas estará lavando roupas, quem dorme com o marido estará dormindo com o marido. Isto significa que ninguém deve deixar de viver ainda nessa terra, alegando que está apenas aguardando o grande dia em que virá o Senhor. O que Jesus nos alerta é para que estejamos vigilantes, para que naquele dia não sejamos pegos de surpresa assim como faz o ladrão.
Mas e agora, como resolver esse impasse? Buscar bens terrenos ou viver sonhando com os céus? A solução é óbvia: buscar o equilíbrio entre ambas as alternativas. Se existe o desejo de ser prospero materialmente falando, é preciso ouvir a voz de Deus e ele nos dirá, entre tantas outras coisas: que é preciso amar ao próximo assim como a nós mesmos, que bendito é o homem que confia no Senhor, que se confessarmos os nossos pecados Ele é fiel e justo para nos perdoar, que ainda não se viu nem se ouviu o que o Senhor tem preparado para aqueles que o amam. E para finalizar, uma palavra do Senhor Jesus que define perfeitamente toda essa problemática:

“Buscai, pois, em primeiro lugar, o reino de Deus e a sua justiça, e todas as demais coisas vos serão acrescentadas” (MATEUS 6:33).
   
Igor Rodrigues
Enviado por Igor Rodrigues em 11/10/2007
Reeditado em 16/10/2007
Código do texto: T689794

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Igor Rodrigues
Aracaju - Sergipe - Brasil, 33 anos
34 textos (8030 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 08:48)
Igor Rodrigues