Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS DISCÍPULOS DE EMAÚS (Prosa e Versos)

Texto foi extraido do livro "ORAÇÕES DA BÍBLIA EM PROSA E VERSOS" ainda não editado

     JESUS CAMINHA COM OS HOMENS:-  Dois discípulos seguiam para um povoado chamado Emaús, distante onze quilômetros de Jerusalém. Conversavam a respeito de tudo o que tinha acontecido.
     Enquanto conversavam e discutiam, o próprio Jesus se aproximou e começou a caminhar com eles. Os discípulos, porém, estavam como que cegos, e não o reconheceram. Então Jesus perguntou: — O que é que vocês andam conversando pelo caminho?
     Eles pararam com o rosto triste. Um deles, chamado Cléofas, disse: — Tu  és o único peregrino em Jerusalém que não sabe o que lá aconteceu nesses últimos dias? Jesus perguntou: — O que foi?  Os discípulos responderam: — O que aconteceu a Jesus, o Nazareno, que foi um profeta poderoso em ação e palavras, diante de Deus e de todo o povo. Nossos  sacerdotes e nossos chefes o entregaram para ser condenado à morte,  e o crucificaram.
     Nós esperávamos que fosse ele o libertador de Israel, mas, apesar de tudo isso, já faz três dias que tudo isso aconteceu! É verdade que algumas mulheres do nosso grupo nos deram um susto. Elas foram de madrugada ao túmulo e não encontraram o corpo de Jesus. Então voltaram, dizendo que tinham visto anjos, e estes afirmaram que Jesus está vivo. Alguns dos nossos foram ao túmulo e encontraram tudo como as mulheres tinham dito. Mas ninguém viu Jesus.
     Então Jesus disse a eles: — Como vocês custam para entender, e como demoram para acreditar em tudo o que os profetas falaram! Será que o Messias não devia sofrer tudo isso para entrar na sua glória?
     Então, começando por Moisés e continuando por todos os profe- tas, Jesus explicava para os discípulos todas as passagens da Escri-tura que falavam a respeito dele.
     Quando chegaram perto do povoado para onde iam, Jesus fez de conta que ia mais adiante. Eles, porém, insistiram com Jesus dizen-do:  — Fica conosco, pois já é tarde e a noite vem chegando.
     Então Jesus entrou para ficar com eles. Sentou-se à mesa com os dois, tomou o pão e abençoou, depois o partiu e deu a eles. Nisso os olhos dos discípulos se abriram, e eles reconheceram Jesus.
     Jesus, porém,  desapareceu da frente deles.
     Então um disse ao outro: Não estava nosso coração ardendo quando ele falava pelo caminho, e nos explicava  as Escrituras?
     Na mesma hora eles se levantaram e voltaram para Jerusalém. Onde encontraram os onze, reunidos com os outros. E estes confir- maram: realmente, o Senhor ressuscitou, e apareceu a Simão! Então
os dois contaram o que tinha acontecido no caminho e como tinham reconhecido Jesus quando ele partiu o pão.
                                                   Lc 24,13-35.
                           
                           OS DISCÍPULOS DE EMAÚS
                                          Versos

Dois discípulos seguiam                   Seu corpo irá para o céu
Com destino a Emaús.                     Pra ficar junto de Deus
Na caminhada falavam;                   Não procurem entre ios mortos
Sobre a morte de Jesus.                  Aquele que não morreu.

Sobre os Filho de Deus Pai               O andarilho ouviu
Que naquela cruz morreu.                Pra depois então faalar:
Eles não  se conformavam                - O que os profetas falaram
Com o que aconteceu.                     Vocês devem acreditar.
                                               
Eles iam caminhando                        Para entrar na sua glória
E conversando sem parar.                 Foi que o Messias sofreu.
Nem perceberam o andarilho              Os profetas profetizaram
Que a eles foi se ajuntar.                  Tudo o que aconteceu.
                                                 
Sobre o que eles conversavam,          As passagens da Escritura
O andarilho perguntou.                     Que sobre Jesus falavam
— Então não estás sabendo? —         Aquele póbre andarilho
Cléofas o indagou.                           Para os dois homens contava.
                                               
— Contem-me o ocorrido.                 Quando perto do povoado
Também desejo saber                      Aqueles homens chegaram,
Tudo o que aconteceu.                    O andarilho foi andando...
Alguém pode me dizer?                     Quando eles o convidaram:
                                                   
— És o único na terra                      - Fica conosco, amigo,
Que diz não saber de nada;              Já é tarde e a noite vem.
Que mataram o Nazareno                 Andar por aí sozinho
Na Sexta ferira passada.                  É coisa que não convém!
                                               
Ele que foi um profeta                     Já que eles insistiram.
Poderoso, em palavras e ação;          O amigo entrou pra ficar.
A esperança de Israel                      Sentou-se à mesa com eles
Para a sua salvação.                       Para se alimentar.
                                               
Nosso sumo sacerdote                     Abençoou o pão e ao parti-lo,
Sem piedade o entregou                   - Como num raio de luz -
Pra ser condenado à morte               Os olhos deles se abriram
Na cruz, que ele próprio carregou       E viram que era Jesus.
                                                   
Depois que Jesus morreu                  Jesus tomando o pão
Seu corpo foi sepultado.                   Com eles o repartiu.
Mas disseram que o sepulcro             Na frente dos olhos deles
Vazio foi encontrado!                       O Senhor Jesus sumiu.
                                                 
Cadê o corpo de Jesus?                   Naque instante, os dois homens
— As mulheres perguntaram —          Da mesa se levantaram.
Foi quando os anjos de branco          Pra contar aos seus amigos,
A elas então falaram:                      À Jerusalém voltaram
                                               
Jesus Cristo, o Nazareno,                 E quando lá chegaram
Que aqui foi sepultado.                    Cléofas tudo contou.
Como dizem as Escrituras,                E todos juntos aclamaram:
Ele foi ressuscitado.                        Jesus, nosso Rei ressuscitou!

Textos em versos: Antônio Oliveira  (Paraibuna SP)



































Antônio Oliveira
Enviado por Antônio Oliveira em 21/10/2007
Reeditado em 10/11/2007
Código do texto: T703707
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antônio Oliveira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 72 anos
702 textos (561410 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 08:09)
Antônio Oliveira