Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEJAM UNIDOS NO MESMO ESPÍRITO E NO MESMO MODO DE PENSAR (Reflexões)

Texto extraido do livro "REFLEXÕES COTIDIANAS" ainda não ediotado
     Os irmãos, Simão e André estavam pescando às margens do mar da Galiléia quando Jesus, aproximando-se deles, deu-lhes esta ordem:
     “Segui-me e eu farei de vós pescadores de homens”. (Mt 4,19)
     Imaginemos Jesus, nos dias de hoje passando por nós e nos convidando a segui-lo. Qual seria a nossa reação?
     Será que deixaríamos nossos bens materiais para seguirmos a Jesus resgatando almas para o Céu?
     Se soubéssemos que aquele que se aproximou de nós era realmente Jesus, certamente o seguiríamos. Será?
     No mundo de hoje, deparamos com muitas pessoas que vivem pregando a Palavra de Deus, sem colocá-la em prática. Existem pessoas boas e não boas em todas as religiões. Cabe a nós escolhermos as nossas amizades.
     Se somos católicos, nada impede que partilhemos nossos conhecimentos com os irmãos de outra religião.
     Se houver respeito mútuo entre as pessoas certamente o relacionamento torna-se evangelizador.  Cada ser humano tem o seu ponto de vista. É preciso que prevaleça o bom senso, não impondo regras que achamos ser corretas, nem aceitar que façam o mesmo com relação a nós.
     O apóstolo Paulo em sua primeira carta aos corintios enfatiza o  ecumenismo dizendo: “Mantenham-se de acordo uns com os outros, para que não haja divisões. Sejam unidos no mesmo espírito e no mesmo modo de pensar”. (1Cor 1,10)
     A exemplo do catolicismo, as outras religiões cristãs, têm o dever de orientar seus fiéis com relação à idolatria. Adorar, somente a Deus; fora isso, qualquer tipo de adoração é idolatria.  Nós, os cristãos, devemos nos conscientizar de que só Deus é supremo. Mas nada im-pede que tenhamos os santos da nossa devoção como nossos intercessores junto a Jesus, único caminho para chegar ao Pai.
A imagem nada mais é do que a representação de uma pessoa que foi muito bondosa aqui na terra, por quem nós temos profunda admiração e por isso a veneramos.
     Muito em breve Jesus vai voltar. Como iremos encará-lo se nós nos desviamos da Igreja por Ele fundada para seguirmos outra religião?
     Vamos reconsiderar tudo o que fizemos de errado até os dias de hoje e recomeçar vida nova, voltando aos braços do pastor como a ovelha que se perdeu do rebanho. Sejamos como o filho pródigo que volta À casa do pai e nossos irmãos certamente irão nos receber com muita alegria.

                                                Antônio Oliveira (Paraibuna SP)
Antônio Oliveira
Enviado por Antônio Oliveira em 21/11/2007
Reeditado em 25/11/2007
Código do texto: T746656
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antônio Oliveira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 72 anos
702 textos (561427 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 04:38)
Antônio Oliveira