Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A vinda de Jesus

         Uma mulher ainda uma criança, recebe a incumbência que certamente, pela sua idade, não teria o que dizer. E mesmo sem entender nada do que estava ocorrendo aceitou. A sua inocência, a sua formação religiosa e espiritual sem duvida foi responsável por aquela resposta; SIM.

         Dois contrastes; uma primeira mulher nega todo o projeto de Deus, através da sedução, através da desobediência. Pela vaidade é tentada e não resiste assim, nega dizendo; Não. Porém, Deus usa de outra mulher (Maria), e esta sim, dá inicio a restauração do projeto de Deus para humanidade.


         Dizemos sempre e em auto tom que Deus nos dá o livre arbítrio, isto é, o direito da escolha; o direito de decidir nossos próprios caminhos e destinos.  Foi nesta liberdade que Maria respondeu ao anjo, ainda que sem entender e sem ter conhecimento do projeto de Deus.


         O natal é a conseqüência desta resposta. Este é o grande Mistério que nós somos envolvidos neste tempo a refletir. O salvador vem abrir as portas do céu, ser o Emanuel (Deus Conosco).


         Deus sempre surpreende, jamais imaginaram que o Messias viria da maneira como veio, pelo contrario, acreditava-se que sua vida seria numa família real; que nasceria em um palácio, no esplendor da realeza humana. No entanto, veio por meio de pessoas simples, pequenas e nasce num estábulo.


         A preferência de Deus é pelos pequenos, pelos simples isto é algo que os poderosos não conseguem entender. Como pode o Todo Poderoso Onisciente, Onipotente, Onipresente ser tão simples assim? Ao ponto de não se sentar com os poderosos dispensando-os e se estabelecer no meio dos pequenos?


         O cântico de Maria retrata este feito de Deus. É assim, que Ele vai construindo a história e que consegue nos envolver neste lindo Mistério da encarnação e tantos outros que sucedem.


         Sabemos que em dezembro - o natal -  há varias condições que favorecem as compras, e que, de certa maneira o comercio tem sua influencia. Mas não podemos negar que somos acometidos e envolvidos por uma mística; um sentimento de fraternidade; um espírito de comunhão; uma força estranha que nos une, nos fazendo amar mais, ser mais solidários. Quanto mais aproximamos do natal, mais a intensidade deste espírito cresce.

         Nestes dias estamos mais propensos as ser emotivos, a entrarmos no clima do nascimento de Jesus. Num clima de festa. Este é um sinal intrínseco de nossa dimensão espiritual; de nossa filiação eterna. Somos contagiados pela graça e pelo amor de Deus.
 

Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 24/12/2005
Reeditado em 20/12/2008
Código do texto: T90116

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ataíde Lemos
Ouro Fino - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
5266 textos (1218854 leituras)
5 e-livros (11751 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:02)
Ataíde Lemos

Site do Escritor