CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Deus, abençoa a minha Casa

Escrito em 06/07/2009

Meu Pai celestial.

Obrigado pela família que me deste: a minha esposa, os meus filhos, o meu neto e a minha nora.
Pai celestial, Tu tens bênçãos sem medida para todos nós. Eu estaria perdido se fosse contar somente com a resposta às minhas atitudes porque reconheço que tenho sido no mínimo medíocre na busca pela direção do que desejo para os Meus.
A minha Casa está infinitamente superior às minhas preces e superior aos meus anseios.
Por favor, Deus, não detenhas em protegê-los, guardá-los e dar-lhes a prosperidade.
Ah! Serei feliz vendo a minha casa abençoada, mas não me julgo merecedor.
Eu rogo, ó Pai do Ceu, Abençoa os Meus.
És Tu, o Fiel.
 
Enoque Rodrigues Nogueira
Enviado por Enoque Rodrigues Nogueira em 06/07/2009
Reeditado em 24/04/2010
Código do texto: T1686038

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Enoque Rodrigues Nogueira
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 58 anos
85 textos (20091 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/14 10:44)