Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ORAÇÃO GAUDÉRIA

Patrão velho , da estância eterna,
quando enfim eu ouvir o teu chamado,
que me recebas na porteira pilchado,
nos alegres pagos onde tu governas.

E finda a minha pelea nesta terra,
que fique de mim a bem querência,
pois já basta aqui a maledecência,
de tantos sempre em pé de guerra.

À minha prenda, que dês o alento,
das boas lembranças de nossa vida,
para aliviar-lhe todo sofrimento,

ela que é pra mim a mais querida,
dona de quase todo o meu sentimento,
rincão do amor, que me deu guarida.
Jorge Linhaça
Enviado por Jorge Linhaça em 28/11/2006
Reeditado em 30/03/2014
Código do texto: T303997
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Linhaça
Salvador - Bahia - Brasil, 55 anos
3723 textos (711094 leituras)
95 áudios (13093 audições)
1 e-livros (277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:55)
Jorge Linhaça