CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Eu era cego e agora eu vejo! – mensagem e oração – Jo. 9.25

Eu era cego e agora eu vejo! – mensagem e oração – Jo. 9.25

Em minha leitura de devocional há uns dias atrás, li esta linda declaração do ex-cego de nascença.

Querido (a) leitor (a),

Posso garantir-lhe que depois de ler o contexto desta história (verídica), você vai descobrir que realmente precisa da ajuda de Jesus Cristo, para não só abrir-lhe os olhos, mas também os ouvidos (inclusive espiritualmente). Quem sabe se já não fomos surdos, mudos, cegos ou paralíticos em nossas atitudes de fé, não é?

Será que quando confessamos crer em Deus, cremos relmente que Ele tem poder para nos ajudar? Jesus, disse que nós erramos porque não conhecemos nem as escrituras, e nem o poder de Deus.

Mateus 22:29  Respondeu-lhes Jesus: Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus.

Enquanto eu não conhecia a Verdade das Escrituras, eu era mais um cego, surdo-mudo e paralítico espiritual! Conhecer a Verdade, que é a Palavra Viva de Deus, me fez aprender a crer de tal forma que, hoje, procuro sempre usá-la para resisitr aos poderes do mal, que freqüentemente nos atacam com dardos inflamados (tentações). A Palavra diz, conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará (Jo. 8.32) –

Libertação, é disso que todos nós precisamos! Liberdade! Foi para isso que Cristo nos salvou e chamou: para a Liberdade!

Pense como foi bom para o cego de nascença, estar livre da mentira que por anos o prendeu, o aprisionou! Sua fé foi tão grande e se transformou de tal maneira que logo em seguida, procurou ensinar aos fariseus (religiosos e críticos de plantão) o caminho da salvação dizendo para eles, vocês também querem ser seus discípulos?

Quanto a ter ou não pecado para receber esta doença, Jesus respondeu aos seus discípulos que nem os pais do ex-cego e e nem ele haviam pecado para receber tal castigo, mas que aquela situação era para que a glória de Deus se manifestasse, através de Cristo!

Não tema em reconhecer sua necessidade espiritual, confessando agora seus pecados diante de Deus e pedindo-lhe perdão. Se fizer isso, receberá seu perdão e toda libertação necessária para ter uma vida tranqüila e feliz! Inclusive livre como eu. Hoje estou livre da miséria em que vivi de mendigar para comer, vestir e morar. Livre dos pecados e de doenças. Continuo pecador, mas sempre que caio e peco, iemdiatamente me arrependo e mudo, pedindo perdão e deixo aquele pecado.
Hoje, Sou formado em Pedagogia e pós-graduado em Psicopedagogia, e também concursado pela Prefeitura de são Paulo e Osasco. Estou casado Há 23 anos, sou saudável e vivo em plena Paz, servindo ao Senhor Jesus! Tenho muitas adversidades como todos têm, mas a Palavra me livra de todos eles!

___ Ore comigo: “ Senhor meu Deus, eu peço perdão pelos meus pecados e espero que receba todas as situações que têm me afligido até o dia de hoje! Ajude-me Senhor, abrindo meus olhos e ouvidos espirituais para crer na sua Palavra e confirme sua cura na minha vida espiritual e material. Quero ser uma pessoa conforme a sua vontade e bondade. Por favor me ajude e, desde já eu lhe agradeço em nome de Jesus!”

___ Agora eu vou interceder por você, creia e receba suas bençãos! A Bíblia diz que muito pode a oração feita por um justo. Em Cristo estou justificado para orar por você: ---- Senhor meu Deus e Pai, é em Nome do Seu Filho Amado Jesus, que rogo por essa pessoa que busca ser liberta  de sua cegueira, ou clama por alguém que está cego (lieralmente ou espiritualmente). Por favor senhor, confirme a cura destas pessoas, agora, Senhor, em nome de Seu Filho Amado Jesus Cristo, Amém!

Receba agora sua libertação em qualquer área de sua Vida e diga a si mesmo (a), Eu estou livre (da situação tal- cite seu problema) ... – Se usar sua fé verá o grande poder de Deus operar imediatamente em sua vida! Para receber bençãos, é preciso crer primeiro! Você só pode ver um milagre, grande ou pequeno, depois de crer! Fé que se vê, não é fé! A fé, não ocorre por vista, certo? Creia e será livre de problemas (em geral) e doenças (todas elas – Jesus já nos curou - levando-as sobre Ele mesmo, por meio do perdão de nossos pecados).

Leia a seguir o texto Bíblico todo, e confirme tudo o que eu disse. Quando receber seu milagre, por fé, testemunhe para os outros e poste um comentário para aumentar a fé dos outros leitores. A Paz do Senhor Jesus!

Obrigado por visitar minha página! Abraços!

João – Capítulo 9 de 1 a

1 ¶ Caminhando Jesus, viu um homem cego de nascença.
2  E os seus discípulos perguntaram: Mestre, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?
3  Respondeu Jesus: Nem ele pecou, nem seus pais; mas foi para que se manifestem nele as obras de Deus.
4  É necessário que façamos as obras daquele que me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar.
5  Enquanto estou no mundo, sou a luz do mundo.
6  Dito isso, cuspiu na terra e, tendo feito lodo com a saliva, aplicou-o aos olhos do cego,
7  dizendo-lhe: Vai, lava-te no tanque de Siloé (que quer dizer Enviado). Ele foi, lavou-se e voltou vendo.
8 ¶ Então, os vizinhos e os que dantes o conheciam de vista, como mendigo, perguntavam: Não é este o que estava assentado pedindo esmolas?
9  Uns diziam: É ele. Outros: Não, mas se parece com ele. Ele mesmo, porém, dizia: Sou eu.
10  Perguntaram-lhe, pois: Como te foram abertos os olhos?
11  Respondeu ele: O homem chamado Jesus fez lodo, untou-me os olhos e disse-me: Vai ao tanque de Siloé e lava-te. Então, fui, lavei-me e estou vendo.
12  Disseram-lhe, pois: Onde está ele? Respondeu: Não sei.
13 ¶ Levaram, pois, aos fariseus o que dantes fora cego.
14  E era sábado o dia em que Jesus fez o lodo e lhe abriu os olhos.
15  Então, os fariseus, por sua vez, lhe perguntaram como chegara a ver; ao que lhes respondeu: Aplicou lodo aos meus olhos, lavei-me e estou vendo.
16  Por isso, alguns dos fariseus diziam: Esse homem não é de Deus, porque não guarda o sábado. Diziam outros: Como pode um homem pecador fazer tamanhos sinais? E houve dissensão entre eles.
17  De novo, perguntaram ao cego: Que dizes tu a respeito dele, visto que te abriu os olhos? Que é profeta, respondeu ele.
18  Não acreditaram os judeus que ele fora cego e que agora via, enquanto não lhe chamaram os pais
19  e os interrogaram: É este o vosso filho, de quem dizeis que nasceu cego? Como, pois, vê agora?
20  Então, os pais responderam: Sabemos que este é nosso filho e que nasceu cego;
21  mas não sabemos como vê agora; ou quem lhe abriu os olhos também não sabemos. Perguntai a ele, idade tem; falará de si mesmo.
22  Isto disseram seus pais porque estavam com medo dos judeus; pois estes já haviam assentado que, se alguém confessasse ser Jesus o Cristo, fosse expulso da sinagoga.
23  Por isso, é que disseram os pais: Ele idade tem, interrogai-o.
24  Então, chamaram, pela segunda vez, o homem que fora cego e lhe disseram: Dá glória a Deus; nós sabemos que esse homem é pecador.
25  Ele retrucou: Se é pecador, não sei; uma coisa sei: eu era cego e agora vejo.
26  Perguntaram-lhe, pois: Que te fez ele? como te abriu os olhos?
27  Ele lhes respondeu: Já vo-lo disse, e não atendestes; por que quereis ouvir outra vez? Porventura, quereis vós também tornar-vos seus discípulos?
28  Então, o injuriaram e lhe disseram: Discípulo dele és tu; mas nós somos discípulos de Moisés.
29  Sabemos que Deus falou a Moisés; mas este nem sabemos donde é.
30  Respondeu-lhes o homem: Nisto é de estranhar que vós não saibais donde ele é, e, contudo, me abriu os olhos.
31  Sabemos que Deus não atende a pecadores; mas, pelo contrário, se alguém teme a Deus e pratica a sua vontade, a este atende.
32  Desde que há mundo, jamais se ouviu que alguém tenha aberto os olhos a um cego de nascença.
33  Se este homem não fosse de Deus, nada poderia ter feito.
34  Mas eles retrucaram: Tu és nascido todo em pecado e nos ensinas a nós? E o expulsaram.
35 ¶ Ouvindo Jesus que o tinham expulsado, encontrando-o, lhe perguntou: Crês tu no Filho do Homem?
36  Ele respondeu e disse: Quem é, Senhor, para que eu nele creia?
37  E Jesus lhe disse: Já o tens visto, e é o que fala contigo.
38  Então, afirmou ele: Creio, Senhor; e o adorou.
39 ¶ Prosseguiu Jesus: Eu vim a este mundo para juízo, a fim de que os que não vêem vejam, e os que vêem se tornem cegos.
40  Alguns dentre os fariseus que estavam perto dele perguntaram-lhe: Acaso, também nós somos cegos?
41  Respondeu-lhes Jesus: Se fôsseis cegos, não teríeis pecado algum; mas, porque agora dizeis: Nós vemos, subsiste o vosso pecado.

Deus o (a) abençoe, mais do que já tem sido abençoado (a)!
Luciano Mendes
Enviado por Luciano Mendes em 24/07/2011
Código do texto: T3116540
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Luciano Mendes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 50 anos
75 textos (11869 leituras)
13 áudios (909 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 31/07/14 02:22)