Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SENHOR! ACENDA O SOL DOS NOSSOS CORAÇÕES!

         
Quando o dia nasce entristecendo os meus olhos e fazendo desanimar meu coração, penso e repenso sobre todas as coisas que lamentamos imprudentemente quando tudo temos sem muito esforço!

Nesta hora sinto sorrateiramente o vento anunciando o seu sorriso com o barulho das folhas das árvores, percebo a equidade entre os pássaros que festejam os pingos d'água na manhã de verão, olho o sincronismo da orquestra Divina elevando o meu espírito com a melodia dos anjos!...

Posso perceber e sentir que muitas vezes dormimos com o inimigo mais difícil de ser combatido: nós mesmos!

Mas Senhor, cubra-nos com Seu manto de luzes e acenda o sol dos nossos corações para que possamos iluminar os caminhos que nos conduzem ao bem comum!

©Balsa Melo
29.11.05
Cabedelo-PB
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 24/08/2007
Código do texto: T622339
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87157 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 15:39)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)