Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

              Experiência de Deus

Oração Meditativa

 

Caso João Hélio

 

2007 começou com uma tragédia na cidade do Rio de Janeiro que abalou toda a sociedade, de norte a sul do país. João Hélio foi barbaramente assassinado por 5 delinqüentes juvenis que são gerados, diariamente, nas diversas comunidades pelo país afora. São verdadeiras cobras venenosas que, fatalmente, irão picar esta mesma sociedade que vira as costas para estas crianças, desprezando-as, maltratando-as e marginalizando-as, de forma que as gritantes distorções sociais resultam em crimes sórdidos como este, onde crianças matam crianças.

 

Diante de tudo isto algumas pessoas perguntam: - Onde está Deus que não vê isto?

 

A resposta é simples. Coisas desta natureza não fazem parte do mundo de Deus. Isto só acontece no mundo dos homens. E por outro lado, Deus nos deu a vida e também a liberdade. Deus não interfere no mundo dos homens. Deus não é intervencionista. Dentro da liberdade que nos deu Ele espera a nossa capacidade para resolvermos os nossos próprios problemas, as nossas próprias mazelas.

No Brasil alcançamos situações contraditórias. Colocamos o carro adiante dos burros. Criamos um Estatuto da Criança e do Adolescente, coisa de primeiro mundo. Mas, vivemos numa sociedade de terceiro mundo, onde numa mesma cidade, como o Rio de Janeiro, as diferenças sociais são enormes. Onde uns tem muito e outros não tem nada. Em alguns bairros a miséria e a fome são vizinhas da riqueza e do luxo. Algumas crianças vão brincar no shopping e outras nos lixões. Algumas crianças fazem 3 ou 4 refeições por dia, enquanto muitas outras passam 3 ou 4 dias sem comerem nada. E dizem que este é o país do futuro. Mas, que futuro a sociedade brasileira está preparando para os seus filhos ? É esta a herança social que deixaremos para as gerações futuras ?

Além de destruirmos o meio ambiente, as florestas, os rios, os mares, o ar, os animais, destruímos, também, a própria sociedade brasileira. Se você recebesse esta herança de seus pais, o que você diria sobre eles ? Provavelmente, é o que os seus filhos dirão a seu respeito. É assim que você quer ser lembrado ?

Os sentimentos e a comoção sobre o caso João Hélio são os mais variados possíveis e carregados de muita paixão. Mas, por mais paradoxal que possa parecer, não há razão para sentir pena de João Hélio. Como não ? Explico, no momento em que João Hélio faleceu ele foi recebido, pessoalmente, por Deus. Deus não delegou esta missão para nenhum de seus Anjos. Ele fez questão de receber aquela criança que acabava de passar por um trauma terrível. Deus, em seu imenso amor, abraçou João Hélio, cobriu-o de beijos e consolou aquela criança em seus braços dando a ela a segurança e o carinho que só os pais sabem dar. Deus carregou João Hélio no colo, embalou-o e chorou junto com ele toda a sua dor. João Hélio tinha acabado de sair do mundo dos homens e retornava à casa do Pai. Mas, voltava de forma triste e lamentável. Não era isto que Deus tinha reservado para ele. Agora, João Hélio passará a sua eternidade ao lado do Pai, recebendo de Deus toda sua atenção, carinho e amor. Muito amor.

Temos que ter compaixão, sim, destes 5 meninos, delinqüentes fabricados pela própria sociedade, que desceram ao fundo do poço humano ao cometerem a barbárie que praticaram. A prisão e a vida que terão neste mundo não é nada em comparação ao que os espera ao retornarem à casa do Pai. Sim, um dia eles morrerão também. Não importa como. E retornarão a Deus. E neste momento eles terão que explicar a Deus o crime que cometeram. O Senhor, certamente, perguntará:

 

- Eu dei a vida a João Hélio. Com que autoridade vocês o mataram?

 

Então, chorarão lágrimas de sangue. Mas, será tarde demais. Deus é Senhor da vida e estes meninos transformaram-se em senhores da morte. Deus é amor e este meninos transformaram-se em ódio ambulante pelos descasos da sociedade para com eles, mas nada justifica o crime que cometeram. Deus é misericórdia e estes meninos transformaram os seus corações em pedra, pois não tiveram compaixão de João Hélio, uma criança de apenas 6 anos de idade e, covardemente, revidaram nele toda a raiva que tinham da sociedade. Agora, pagarão caro diante de Deus.

A sociedade brasileira precisa compreender que ela é responsável por desgraças como esta e que só seremos “seres humanos” quando todos trocarem a prática unitária pela prática comunitária. Só seremos “seres humanos” quando cuidarmos com amor de todas as nossas crianças sejam elas ricas ou pobres, brancas ou negras, meninas ou meninos. Caso contrário, vamos continuar produzindo delinqüentes que provocarão outras tragédias como esta. E se a próxima vitima for o seu filho ?

 

Leia : 2Cor 5, 1 – 10 ( principalmente versículo 10)

 

Meditando:

- O que toda esta tragédia significa para você?

  • Faça uma oração pela alma de João Hélio.

  • Faça uma oração pelos meninos que mataram João Hélio.

  • Deus é misericórdia e você é melhor do que Deus?

  • Você já rezou pelos pais de João Hélio?

  • Você já rezou pelos pais dos meninos que mataram João Hélio?

  • Estes meninos têm salvação? Como?

Leandro Cunha
Enviado por Leandro Cunha em 19/09/2007
Reeditado em 07/07/2008
Código do texto: T659178

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Leandro Cunha
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 68 anos
595 textos (106898 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 14:04)
Leandro Cunha

Site do Escritor