Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tarde

Poema quase em prosa para uma dama
de Edson Gonçalves Ferreira:
para Fernanda Araújo
                                     ***
Cristo, ontem, estava naquela mesa
Onde uma Maria servia seus amigos
Sobre a mesa a santa ceia
O cheiro dos manjares recendiam amor
A prosa fez anjos descerem
Pairavam sobres nossas cabeças felizes
Não há ventura maior
Que o olho no olho dizendo amor
Um amor sem cobrança
Um amor sem medida
Um amor como o Dele
Capaz de deixar a divindade
Para assumir -- quanta honra - a nossa fragilidade.
                                       
                                       ***
Edson querido, foram momentos, eu diria, de oração,  o nosso encontro de ontem. Só de fazer desabrochar  este místico poema! Obrigada de coração e segue um abração!
fernanda araujo
Enviado por fernanda araujo em 14/10/2007
Código do texto: T694340
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
fernanda araujo
Divinópolis - Minas Gerais - Brasil
1059 textos (210670 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 05:47)
fernanda araujo