Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
 

Experiência de Deus
Oração Contemplativa

Fé.

Seguindo os passos de Jesus em sua fantástica caminhada pelo mundo dos homens, observamos um fato extraordinário que chamou a nossa atenção e provocou muita meditação e muita conversa entre nós. E se você ler os Evangelhos do Novo Testamento vai perceber a mesma coisa.

Jesus jamais dirigiu-se a quem quer que seja oferecendo-se para curá-lo da doença que fosse portador. As pessoas é que se dirigiam a Jesus e imploravam a sua compaixão para curá-los de qualquer tipo de doença que tinham ou que algum membro da família fosse portador. Só então Jesus agia, tomava a iniciativa e, depois, deixava registrado o mais importante de tudo aquilo. Ele dizia : “- vai, a tua fé te salvou !”

Este era o ponto central de nossa conversa, de nossa reflexão, de nossa meditação, de nosso entusiasmo. Afinal de contas, as pessoas eram curadas por Jesus ou pela fé que tinham ? As pessoas eram curadas por ambos ! Que adianta você pedir ajuda a Deus se você não tem fé, se você não crê ? Mas o que é fé ? Fé é a adesão e a anuência pessoal a Deus e a seus desígnios (dicionário Mini Aurélio).

E nós tivemos a chance de confirmar o grande valor da fé em nossas vidas quando Jesus saiu de Genesaré e dirigiu-se a Tiro. Lá presenciamos um diálogo entre o Mestre e uma senhora cananéia que nos deixou arrepiados e nos mostrou, definitivamente, que Deus é Pai e pai de todos, para Ele não há privilegiados e nem excluídos. Somos todos filhos de Deus e por Ele muito amados.

Jesus entrou em uma casa e queria ficar incógnito. Mas isto era impossível. Logo a notícia se espalhou e entre a multidão surgiu uma mulher pagã que, ajoelhada, pedia a Jesus que expulsasse o demônio que dominava a sua filha. Jesus disse a ela :

-
Deixa que os filhos se fartem primeiro, pois não fica bem tirar o pão dos filhos para atirá-lo aos cachorrinhos.

A mulher respondeu:

-
É verdade, Senhor, mas debaixo da mesa os cachorrinhos comem as migalhas dos filhos.

Então Jesus lhe respondeu :

-
Mulher, grande é a tua fé ! Suceda-te conforme queres !

E a sua filha ficou curada desde aquela hora. (Mc 7, 24 – 30 e Mt 15, 21 – 28).

Ora, mas o que significava este diálogo ? Por que Jesus havia provocado a mulher com aquela colocação ? O que Jesus queria dizer com “cachorrinhos” ?

Nesta conversa é importante entender que “os filhos” representam os judeus, povo eleito por Deus e os “cachorrinhos” os pagãos. Jesus provoca a fenícia com a clara intenção de avaliar a sua fé. E ela não aceita a provocação, pois entende, perfeitamente, de quem se trata e, demonstrando a sua fé, humildemente concorda com o Mestre dizendo que os “cachorrinhos” também tem direito à salvação, mesmo que seja através das migalhas que caem da mesa dos filhos eleitos. 

Interessante notar que os filhos eleitos – os judeus - não reconheceram Jesus, mas os pagãos o reconheceram.

Repare, também, como Jesus termina a conversa : - Suceda-te conforme queres. E, mais uma vez, a conversa do nosso grupo voltava ao ponto inicial. Afinal de contas, quem curava era Jesus ou a fé que as pessoas depositavam nele ? Pois, Jesus sempre terminava os seus diálogos com colocações semelhantes a esta, ou então, “vai a tua fé te salvou” e assim por diante.

E Jesus dizia que a nossa fé é menor do que um grão de mostarda. Já pensou se tivéssemos capacidade para aumentá-la ? Onde poderíamos chegar ? Quantas experiências de Deus, maravilhosas, poderíamos realizar ?


Meditação : Mc 7, 24 – 30 e Mt 15, 21 – 28


  1. O que significa esta estória para você ?

  2. A sua fé como vai ?

  3. E a sua humildade, como vai ?

  4. E a sua arrogância, como vai ?

  5. Quem curava era Jesus ou a fé das pessoas ?

  6. Você já teve uma experiência de Deus ?




 

Leandro Cunha
Enviado por Leandro Cunha em 23/10/2007
Reeditado em 07/07/2008
Código do texto: T706411

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Leandro Cunha
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 68 anos
594 textos (106857 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 10:21)
Leandro Cunha

Site do Escritor