Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hino nacional na versão do senna

O povo que, num brado retumbante, vidrou com o herói nas corridas rumo ao podiam, viu esfacelar-se o sonho de vitória de uma pátria, num muro inerte onde a morte esperava aquele orgulho tinha de conquistar com braço forte um espaço nos anais da historia do esporte
Mas o braço erguido de um gigante pela própria natureza, caiu desfalecido fazendo tombar a bandeira da esperança no campo traiçoeiro da batalha. E o verde amarelo coloriu-se de vermelho no sangue, brotando da vida que se esvaiu.
E o Brasil mergulhou no luto por um filho querido da mãe gentil que não temeu a própria morte no afã de levar alegria aos irmãos para que o florão da América brilhasse em raios fugidos
O cruzeiro do sul ficou mais fulgurante pela estrela que no firmamento de Deus foi bordada com o pranto de cada brasileiro nas letras de u nome que engrandece a mãe terra Brasil
A tua vida valei  pelo cometa que a partir de agora risca os céus com velocidade que almejaras rumo ao amanhã que Deus prepara para um povo que tão bem representaste
A herança maior que deixaste é o sentimento de brasilidade que estava adormecido e por ironia despertou mais forte com a sua partida
A gratidão da terra adorada e idolatrada eterniza-se quanto vê brotar de seu seio um forte e o recebe de braços abertos para que repouse em berço esplêndido para sempre.

Texto tirado de um site que vi..e resolvi postar aqui para todos verem..obrigado.
Daniel Barbosa Preto
Enviado por Daniel Barbosa Preto em 18/02/2006
Código do texto: T113353
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Daniel Barbosa Preto
Peruíbe - São Paulo - Brasil, 30 anos
78 textos (5825 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:59)
Daniel Barbosa Preto