Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem Inspiração

Saudades do chocolate amargo que trazia na boca e que aos poucos trasnformou esse amargo no mais puro mel.
Pode parecer estranho, o amargo era verdadeiro, autêntico
E o mel é sorrateiro, sarcástico.
Não quero mescla dos dois sabores
Quero o sabor sublime que seus lábios de mel escondem.
Poetisa de Gaia
Enviado por Poetisa de Gaia em 14/03/2006
Código do texto: T122901

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poetisa de Gaia
Salvador - Bahia - Brasil
238 textos (40112 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:04)
Poetisa de Gaia