Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha alma

Divago......
Paro, olho a minha volta, encontro pessoas tão perdidas quanto eu, me pergunto o que elas querem, o que elas sonham, o que elas esperam, pois eu mesmo não sei de mim, já não me pertenço.
Pesa-me o corpo, as vezes minha alma tenta se libertar desta cela de ossos, carne e sangue; encontro-me  sufocado diante de um mundo ao qual eu não pertenço, embora eu aqui esteja por longos anos, ainda Não me acostumei que tenho que me acostumar.
Ironia a minha......o verdadeiro tempo não tem idade, no segredo da sua renovação, na ilusão de sua decadência.
Denis Duarte
Enviado por Denis Duarte em 22/03/2006
Código do texto: T126725
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Denis Duarte
São Paulo - São Paulo - Brasil
10 textos (596 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:18)
Denis Duarte