Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Excertos de pensaventos

1. Dádivas amolecem pedras.
1.2. Gosto de comer brisa.

2. Não há nada de novo de baixo do Sol.

3. Felizes daqueles que pensam como grilos.
3.1. Ideal é o rato que só conhece um buraco.
3.2. Lobo que é lobo, não come lobo.

4. Há bens que vêm por males.
4.1. Mais faz quem quer fazer, do que quem pode fazer.

5. Longe da vis(i)ta, longe do (cor)ação.
5.1. Hoje penso por ti, amanhã pensarei por mim.

6. Igual nem sempre com igual se apraz.

7. Nada vem do nadar.
7.1. Eu não venho do nada.
7.2. Eu sou do nada, com-tudo.
7.3. Não somos de nada, com-nada

8. Uma andorinha só não faz verão, como não faz barulho, não atrapalha, não incomoda... e a gente enche o saco dela.

9. Idiossincrasia é uma bela palavra idiota.
Gustavo Schaefer
Enviado por Gustavo Schaefer em 08/04/2006
Reeditado em 17/12/2006
Código do texto: T135822
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Schaefer
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
43 textos (3845 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:26)
Gustavo Schaefer