Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O INICIADO E O SEU MISTERIO

                                               O iniciado é uma pessoa comum. Mais simples que ele não tem igual. O iniciado se reveste das virtudes e sai da caverna para vivenciar a labuta dos problemas da vida cotidiana.
O iniciado não demonstra saber aos leigos, procura ser íntimos ou semelhantes em sua conduta. Ele veja com naturalidade os problemas que tanto, dificulta a vida das pessoas.
O Que existe é uma proteção que ele usa para ser uma luz e não um obstáculo na vida das pessoas, que estão ao seu redor.
A humildade é uma das virtudes que o iniciado procura ardentemente e desejosamente conquistar para que ele possa, encontrar a beleza suprema, que é sentida pela a alma.
A coragem é uma virtude que o iniciado, possui para ele atravessar as provações, que lhe são concebidas.
O  iniciado. Na verdade é uma vela acesa, no meio da escuridão, desse mundo materialista.
A beleza é a flor que o iniciado procura temperar. A beleza é a cor da alma é a melodia que o iniciado faz, com que as outras pessoas possam ouvir.
O iniciado é o verbo calar. Juntamente com o verbo ousar. Pois o verbo querer é o principio do verbo saber. Reunindo todos eles e conjugando da maneira certa o iniciado terá a sua espada mágica. Aquela que batiza com fogo, com água, e com a terra, e também com ar.
Esses são os elementos que faz parte da vida do iniciado, que busca a perola de diamantes.
A diferença do iniciado para um homem comum é que o iniciado sabe, mas se esconde atrás de sua capa, para torna-lo o mais simples possível dentro do contexto.
Ele procura sozinho o verdadeiro caminho e muitas das vezes esse caminho é o das pedras.
Portanto, ele é considerado uma pedra bruta, que vai se lapidando conforme a sua ação na sua vida..
O iniciado e o seu mistério. É quando o iniciado percebe que através de seu desejo e do seu trabalho; ele começa sentir a presença de uma força invisível, que por estas e outras fazem acontecer. O mistério é na verdade o seu trabalho legitimo com a verdade que ele busca, constantemente.
A verdade se torna um grande objetivo na vida do iniciado; e por esta verdade ele labuta a pedra bruta para transforma-la num pequeno  diamante.
Eu diria que o grande mistério de um iniciado é a sua própria busca pela perfeição de seus atos coerentes; buscando sempre a sabedoria em seus atos ou nas soluções dos problemas.
O mistério toma conta de sua vida. Ele passa para um mundo oculto, onde a sua capa e a sua lamparina o auxilia na travessia dos obstáculos que vem de encontro na sua vida.
O iniciado usa a lamparina que uma representação de sua razão esclarecida para vencer os futuros desafios.
O iniciado vive o mistério na própria alma, pois o mistério cresce a cada degrau que o iniciado conquista.
.A beleza faz parte da vida do iniciado. Justamente, ele faz tudo serenamente.
Ele se utiliza a astrologia, a alquimia, a quiromancia e dos estudos de todas as ciências para chegar numa síntese ou num ponto, que faz ele refletir sobre o passado, o presente e o futuro em sua vida.
A sua palavra de trabalho é a analogia. Com esta palavra o iniciado consegue analisar tudo de uma forma simples e natural, por isso, se diz que não tem mistério para o iniciado,
A vida de iniciado é pra poucos, pois além, de fazer o trabalho comum como todos seres humanos; o iniciado deverá trabalhar em sua pequena obra.
O trabalho é sete vezes da semana. Na pratica, pois no pensamento é todo instante.
O iniciado é o homem de desejo, de uma vontade forte, além de ser humilde.
Marck Sosza
Enviado por Marck Sosza em 16/04/2006
Código do texto: T140097
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marck Sosza
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 55 anos
149 textos (12325 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:57)